Internacionais

Internacionais

Um novo terremoto, de 4,4 graus na escala Richter, atingiu neste sábado (18) localidades da província de Kermanshah, no oeste do Irã, afetadas pelo forte tremor do último domingo. De acordo com o Centro Sismológico do Irã, dependente da Universidade de Teerã, o terremoto foi registrado às 7h42 (horário local, 2h12 de Brasília), perto da cidade de Ghasr Shirin e a 10 quilômetros de profundidade. Além disso, o epicentro do terremoto se situou a 22 quilômetros de distância de Sarpul Zahab e a 40 de Ezgeleh, duas das regiões mais danificadas pelo outro terremoto. Por enquanto, não há informações sobre vítimas após o tremor de hoje. No último domingo, o terremoto deixou mais de 430 mortos e 10 mil feridos, assim como uma ampla destruição nesta província que faz fronteira com o Iraque.

 

 

Fonte:  G1

 

Terça, 14 Novembro 2017 11:07

Terremoto mata 450 pessoas no Irã

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, visitou nesta terça-feira (14) algumas das áreas mais afetadas pelo terremoto de domingo (12) e prometeu ajuda governamental para a reconstrução. O número de mortos subiu para 530 e o de feridos para 8 mil, de acordo com a agência estatal Irna. Rohani se deslocou até a cidade de Sarpol-e Zahab, que fica na província de Kermanshah, a mais atingida pelo terremoto de 7,3 de magnitude. Cerca de 430 pessoas morreram nesta região onde o chefe de estado supervisionou as operações de resgate e se reuniu com os afetados.Em sua chegada a Kermanshah, capital provincial, o presidente iraniano garantiu que foram mobilizados todos os recursos do governo para fazer frente à crise e anunciou que serão proporcionados empréstimos às pessoas que precisem reconstruir seus lares. "O governo acelerará este processo para que possa ser feito no menor tempo possível", afirmou Rouhani, segundo um comunicado da presidência iraniana. Cerca de 30 mil casas ficaram destruídas, segundo a emissora de televisão estatal, e o fornecimento de água e luz segue cortado nas áreas mais atingidas. Mansoureh Bagheri, funcionário do Crescente Vermelho (instituição humanitária associada ao comitê internacional da Cruz Vermelha), afirmou à BBC que 12 mil imóveis ficaram completamente destruídos. Embora o epicentro tenha sido registrado a 22,4 km de Derbendîxan, no Iraque, a maior parte das vítimas foram iranianas. O Iraque contabilizou oito mortes e 300 feridos na região do Curdistão iraquiano, sendo que a província iraniana de Suleimaniya foi a mais atingida. Moradores da Turquia, de Israel e do Kuwait também sentiram o abalo, mas não houve registro de estragos ou vítimas. Esse já é o tremor que mais deixou mortos em 2017, superando o número de vítimas do sismo que atingiu o México em setembro. A Fundação de Moradia da Revolução Islâmica será a encarregada do processo de reconstrução e com ela, segundo Rouhani, colaborarão todos os funcionários governamentais, militares e ONGs. O presidente também agradeceu ao Exército, aos Guardiões da Revolução, ao Crescente Vermelho, às organizações de socorro e a vários ministérios por seu trabalho para "resolver o problema da água, da eletricidade e das estradas, e para salvar as pessoas debaixo dos escombros e levá-las aos hospitais". "Não há um iraniano que não esteja pensando hoje no povo de Kermanshah", ressaltou o presidente. Durante sua visita, ainda estão previstos uma reunião com os organismos que estão administrando a crise e o encontro com as autoridades locais de Kermanshah. A população se mobilizou para doar sangue para os feridos, que superam os 7.000, e organismos como o Crescente Vermelho se prontificaram a enviar ajuda humanitária às dezenas de milhares de pessoas que seguem em barracas de campanha devido à perda das suas casas ou pelo temor das réplicas.

 

 

Fonte: G1

Um tiroteio foi registrado neste domingo (5) em uma igreja batista na pequena cidade de Sutherland Springs, no Texas, Estados Unidos. O policial Paul W. Pfeil, declarou não ter um número total de mortos e feridos, mas que são "mais de 20 mortos". Suspeito abriu fogo durante culto de domingo na Primeira Igreja Batista da cidade de Sutherland Springs às 11h30 do horário local (15h30, pelo horário de Brasília). Vítimas: Segundo a polícia, mortos passam de 20. Números oficiais de feridos ainda não foram divulgados Atirador: O Departamento de Polícia de Guadalupe declarou que o atirador morreu após uma pequena perseguição. Não foi informado se ele foi morto pela polícia ou se cometeu suicídio. Atendimento: Diversos hospitais da região estão recebendo feridos e não há informações sobre estado de saúde dos pacientes. Mais cedo a rede americana CNN, citando Albert Gamez Jr, membro da polícia local, declarou que seriam 27 mortos e 24 feridos. Ele citou um membro do atendimento médico como sua fonte. Megan Posey, porta-voz do hospital Connally Memorial Medical Center, declarou não ter um número exato de quantos pacientes o hospital recebeu, mas disse que ainda estavam chegando feridos. Ainda de acordo com a CNN, o atirador foi morto após uma breve perseguição policial por uma região próxima. Robert Murphy, porta-voz da polícia do condado de Guadalupe, não soube dizer se ele foi morto pela polícia ou se cometeu suicídio. De acordo com a CNN, o FBI também está no local. De acordo com uma testemunha ouvida pela KSAT, afiliada da rede ABC no local, um homem entrou na Igreja Batista e abriu fogo por volta das 11h30 do horário local (15h30, pelo horário de Brasília). Ainda de acordo com a TV, há uma forte presença da polícia e dos bombeiros na igreja e helicópteros foram ao local para transportar vítimas a hospitais.

 

Fonte:  G1

Testes de especialistas concluíram que era falso o uísque cuja dose foi comprada por um chinês milionário por quase R$ 32 mil. Analistas foram chamados pelo Waldhaus Am See, hotel na Suíça onde a bebida foi vendida, depois que algumas pessoas questionaram a autenticidade da bebida. O chinês escolheu uma garrafa fechada de "single malte", da marca Macallan, datada de 1878. O preço foi reconhecido como o mais caro já pago por uma dose de uísque. Porém, análises mostraram que dificilmente a bebida foi destilada antes de 1970. O hotel afirmou que aceitou os resultados do teste de autenticidade e devolveu o dinheiro ao cliente. O comprador havia sido Zhang Wei, de 36 anos, natural de Pequim. Ele é um dos escritores mais bem-sucedidos na China. Em visita ao bar do hotel suíço em julho, ele resolveu pagar 10 mil francos suíços, ou R$ 32 mil, por uma única dose do uísque. Mas a suspeita de que a bebida era falsa surgiu logo depois da compra, quando especialistas em uísque apontaram discrepâncias na garrafa na rolha e no rótulo. A controvérsia levou o hotel enviar o uísque para especialistas da cidade de Dunfermline, na Escócia. Testes de datação de carbono pedidos por pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, mostraram que existe 95% de chance do destilado ter sido criado entre 1970 e 1972. Além disso, testes de álcool do laboratório Tatlock and Thomson indicaram que o uísque era misturado. Ele seria composto 60% de malte e 40% de grãos – o que retiraria a possibilidade de que fosse um "single malte".

 

 

Fonte:  G1

 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, observou o eclipse solar total que cruzou o país de costa a costa nesta segunda-feira (21) de uma das varandas da Casa Branca em Washington, mas por alguns instantes admirou o fenômeno sem óculos protetores, imagem que viralizou pelas redes sociais (veja alguns posts abaixo). Apesar das instruções de especialistas e da Agência Nacional do Espaço (Nasa) para observar o eclipse com proteção adequada, devido ao alto risco de prejudicar a vista, o governante ignorou as indicações e se expôs brevemente aos raios do sol. A decisão do magnata de contemplar o eclipse sem proteção rendeu críticas de diversos usuários do Twitter pelo fato de o presidente não seguir as instruções e dar exemplo à população. O presidente americano assistiu ao fenômeno acompanhado do filho caçula Barron e da primeira-dama, Melania Trump. A última vez que um eclipse desse tipo ocorreu no território continental dos Estados Unidos foi há quase um século. O acontecimento demorou uma hora e meia para percorrer o céu começando pela costa do Pacífico, onde começou às 10h15 (hora local; 14h15 em Brasília), à do Atlântico, onde acabou por volta das 14h45 (hora local; 15h45 em Brasília).

 

Fonte: G1

Página 1 de 5

Notícias mais lidas

Quem Somos

A Radio Nocaute tem como principal meta, tocar os sucessos mais antigos em sua programação, não deixando é claro de tocar os sucessos da atualidade. Nossa programação é feita com 60% de músicas antigas. Trabalhamos com muito carinho para oferecer uma programação diferenciada aos nossos ouvintes.
Saiba mais

 

Nossa Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades e promoções em seu e-mail!

Siga-nos pelo Facebook