Internacionais
Segunda, 11 Julho 2016 21:04

Empresa suíça testa substância da romã para combater envelhecimento

Avalie este item
(0 votos)

Cientistas suíços descobriram que uma substância derivada da romã tem propriedades potenciais antienvelhecimento, elevando a reputação da fruta como superalimento e estimulando os planos de desenvolvimento por uma empresa de biotecnologia local. Pesquisadores da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL) relataram na revista "Nature Medicine" nesta segunda-feira (11) que dar a camundongos a substância urolithin A aumenta, em média, 42% a resistência para correr dos animais. Urolithin A é produzida no corpo quando os compostos conhecidos como elagitaninos, que são encontrados em romãs, são decompostos por bactérias no intestino. A equipe da EPFL está trabalhando com a empresa de biotecnologia Amazentis para desenvolver um suplemento nutricional que pode aumentar a força muscular e resistência durante o envelhecimento, com os resultados de um primeiro estudo clínico em humanos esperados para o próximo ano. "Acreditamos que nossa pesquisa, descobrindo os benefícios de saúde de urolithin A, é uma promessa para reverter o envelhecimento muscular", disse Patrick Aebischer, presidente EPFL e co-fundador da Amazentis. "É uma substância completamente natural, e seu efeito é poderoso e mensurável." 

 

 

Fonte:  G1

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Notícias mais lidas

Quem Somos

A Radio Nocaute tem como principal meta, tocar os sucessos mais antigos em sua programação, não deixando é claro de tocar os sucessos da atualidade. Nossa programação é feita com 60% de músicas antigas. Trabalhamos com muito carinho para oferecer uma programação diferenciada aos nossos ouvintes.
Saiba mais

 

Nossa Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades e promoções em seu e-mail!

Siga-nos pelo Facebook