Polícia

Polícia

m rapaz de 18 anos foi flagrado dormindo em um apartamento que fica no 7º andar de um edifício localizado na Avenida São Sebastião, no Bairro Santa Helena, em Cuiabá, nessa sexta-feira (8), depois de cometer furtos em outros apartamentos. A síndica do condomínio, Kátia Rechino, afirmou que ele escalou o prédio, até o 9º andar, e invadiu outros dois apartamentos, onde haviam moradores no momento. De um apartamento, ele furtou um cordão de ouro e comida e saiu depois que o cachorro acordou e começou a latir. "Ele subiu no telhado da casa vizinha, pulou na sacada do condomínio. Ele entrou em três apartamentos. Nos dois primeiros, haviam moradores e, no terceiro, onde não tinha ninguém, ele dormiu", contou Kátia. O flagrante dele dormindo no apartamento foi feito pelo próprio morador. A síndica explicou que o rapaz aparentava estar sob efeito de drogas e dormia profundamente. "Ele estava completamente drogado. O morador o acordou e o colocou para fora", afirmou. Os moradores o levaram até a portaria e, com a ajuda de seguranças que trabalham no prédio, mantiveram ele no local até a chegada da polícia. Ele foi preso e já passou por audiência de custódia. "Ele foi mantido preso porque já tinha antecedentes", avaliou a síndica. Segundo ela, essa não é a primeira vez que ele invade apartamentos naquele prédio. "Ele foi reconhecido por uma moradora que teve o apartamento furtado por ele, em 2015. Ela acordou quando ele revirava o guarda-roupas dela em busca de objetos de valor. Ela conversou com ele, pedindo que ele saísse pelo mesmo lugar que entrou e ele saiu", contou.

 

 

 

Fonte:  G1

O dono de uma oficina, de 29 anos, foi preso em flagrante com um carro furtado em Aimorés, nessa segunda-feira (4). A polícia chegou ao estabelecimento após receber denúncia de que havia um veículo furtado na oficina. De acordo com a Polícia Militar, a caminhonete tinha placas de Colatina (ES), mas ao pesquisar o número do chassi foi constatado que se se tratava de veículo furtado em Itarana, também no Espírito Santo. No escritório da oficina, foram apreendidos 31 munições intactas. Ainda segundo a polícia, os documentos eram falsos e a documentação original foi apresentada pelo dono do veículo na delegacia. O homem foi encaminhado à delegacia e deve responder por posse ilegal de munição, uso de documento falso e receptação e furto de veículo.

 

 

Fonte: G1

Uma pessoa morreu na tarde deste sábado (2) na queda de um helicóptero na zona rural de São Francisco de Sales, no pontal do Triângulo Mineiro. De acordo com as informações iniciais da Polícia Militar (PM), moradores avisaram sobre a queda por volta de 15h30, em uma área que pertence a uma fazenda perto da MG-255. A ocorrência está em andamento. De acordo com a assessoria das Força Aérea Brasileira (FAB), uma equipe do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa III) já saiu do Rio de Janeiro rumo à São Francisco de Sales para iniciar o serviço de perícia e investigação. A princípio, o piloto, que não foi identificado, estaria sozinho. Nem a PM, nem a Aeronáutica possuem informações sobre o motivo da queda e o destino do helicóptero. A polícia isolou o local do acidente até a chegada da equipe do Seripa III.

 

TRABALHOS  ESPIRITUAIS

Garantidos em documento registrado em cartório.

Deseja  voltar  a  pessoa  amada?

Clique  Aqui

 

Fonte: G1

Um jovem de 24 anos foi condenado a 20 anos de prisão em regime fechado pela morte da namorada Denise Soares, em março de 2016, no bairro Santa Rita, em Vila Velha. A decisão da juíza Ana Amélia Bezerra Rêgo, da 4ª Vara Criminal de Vila Velha, foi divulgada nesta segunda-feira (21). Denise teria ido a um baile funk e quando retornou para casa, encontrou o namorado Eykmar Nunes Bernando, que iniciou uma discussão. Em seguida, ele disparou tiros na cabeça da vítima, que provocaram a morte dela. O namorado foi preso três dias depois do homicídio e confessou a autoria do crime. Para a juíza Ana Amélia, o crime foi premeditado para que a vítima não recebesse ajuda. “O crime foi praticado contra a vítima, mulher, por razões da condição do sexo feminino, demonstrando, assim, o sentimento de posse e propriedade, que o denunciado tinha em relação a mesma”, disse na decisão. Eykmar responde pelo crime de feminicídio em um presídio na Grande Vitória. Após ser preso, Eykmar confessou o crime à polícia. “Quando ela disse que preferia estar no baile funk ao invés de ficar comigo, foi a gota d’água”, declarou na época. Em depoimento, ele contou que o discutiu com Denise durante toda a madrugada após ela chegar em casa. No meio da briga, Eykmar pegou a arma que estava em cima do guarda-roupas e atirou seis vezes. Um dos tiros atingiu a boca da namorada, que morreu na hora. Ao perceber o que havia feito, ele se desesperou e chamou a amiga de Denise, que morava na mesma casa. “Ele afirmou em depoimento que colocou a arma em cima de um telhado e fugiu. Eykmar já possuía mandado de prisão em aberto, pois não retornou ao presídio durante o regime de detenção semiaberto que cumpria”, detalhou o delegado Felipe Pimentel na época da prisão. O suspeito possui passagens por tráfico de drogas e roubo. Eykmar alugou uma casa e, com o apoio de uma ex-namorada, ficou no bairro escondido. Dois dias depois de Denise ser assassinada, ele reatou o relacionamento com a outra ex. O casal alugou uma casa no bairro Feu Rosa, na Serra, onde o suspeito foi preso na manhã desta quarta. Ele estava sentado no sofá, quando foi surpreendido pelos policiais da DHPM, juntamente com o delegado Felipe Pimentel, e não ofereceu resistência. A arma do crime, um revólver calibre 32 de cor preta, não foi localizada. O suspeito informou que a abandonou no telhado de umacasa da região.

 

Fonte: G1

Um duplo assassinato foi registrado em Tumiritinga, ontem 09/08 por volta da meia noite. A Polícia Militar foi acionada e quando chegou a local do crime, localizaram as vítimas os Irmãos Marineide Ferreira dos Santos, 28 e Jeovane Ferreira dos Santos, 18, uma na sala da casa, deitado em um colchão e a outra em um quarto sobre a cama. Os militares encontraram em um lote atrás da casa um par de luvas de cor azul com manchas de sangue, o que levou os policiais a suspeitarem de que haviam alguma ligação entre frequentadores da casa das vítimas. A suspeita recaiu sobre E. P. S., 65, que segundo uma testemunha esteve na casa na noite anterior ao crime. As vítimas apresentavam ferimentos na cabeça, causados por um objeto contundente, tudo indica que foram mortas enquanto dormiam. O suspeito foi conduzido à delegacia de Conselheiro Pena, ficando a disposição para prestar maiores esclarecimentos sobre o fato.

 

Fonte: Noticiasnoleste

Página 1 de 4

Notícias mais lidas

Quem Somos

A Radio Nocaute tem como principal meta, tocar os sucessos mais antigos em sua programação, não deixando é claro de tocar os sucessos da atualidade. Nossa programação é feita com 60% de músicas antigas. Trabalhamos com muito carinho para oferecer uma programação diferenciada aos nossos ouvintes.
Saiba mais

 

Nossa Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades e promoções em seu e-mail!

Siga-nos pelo Facebook