Ver todas Notícias

As fortes chuvas registradas entre a quinta-feira (20) e esta sexta-feira (21) provocaram transtornos para moradores da Zona da Mata e do Grande Recife, menos de dois meses após o temporal que tirou 55 mil pessoas de casa e deixou seis mortos no estado. De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), todas as cinco cidades que registraram os maiores volumes de precipitações nas últimas 12 horas estão na lista dos 27 municípios em situação de emergência desde maio deste ano. Ipojuca, na Região Metropolitana da capital, foi o município que registrou o maior volume de chuvas, com 110 milímetros, em 12 horas. Em 24 horas, a cidade acumulou 195 milímetros, o equivalente ao esperado para 21 dias, de acordo com a Apac. Além de Ipojuca, Escada contabilizou 84 milímetros, Sirinhaém registrou 59 milímetros, Ribeirão teve 54 milímetros e Rio Formoso notificou 53 milímetros. Todas essas cidades ficam na Mata Sul pernambucana. No bairro de Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes, centenas de pessoas tiveram prejuízos por causa das chuvas. No local, moram cerca de 26 mil pessoas. Muita gente ficou ilhada, sem conseguir sair de casa, por causa do nível do Rio Jaboatão, que transbordou e fechou a entrada do bairro. No Recife, houve Defesa Civil registrou 46 solicitações da população para vistorias e colocações de lona. Houve a queda do muro de um condomínio, na rua Gastão Vidigal, na Várzea, Zona Oeste, um deslizamento de pequeno porte no Alto da Bica, em Nova Descoberta e o tombamento parcial de um muro de arrimo, no Córrego da Josélia, também em nova Descoberta. Todas as ocorrências sem vítimas. A Defesa Civil do Recife mantém um plantão permanente e pode ser acionada através do Fone 0800.081.3400. A ligação é gratuita e a Central de Atendimento funciona 24h. Por causa do temporal, o Rio Ipojuca transbordou e parte da PE-60 ficou tomada pela água, numa das principais vias de acesso e saída do município. O tráfego ficou complicado e os carros tiveram que voltar pela contramão. Durante a madrugada, o motorista de uma kombi não viu a rodovia alagada e perdeu o controle da direção. Ele acabou caindo dentro da água e teve o veículo submerso. Em Ribeirão, na Mata Sul do estado, uma ponte cedeu e moradores ficaram ilhados. A chuva também ocasionou o deslizamento de duas barreiras no bairro Bela Vista, atingindo ao menos três casas. Segundo moradores, ninguém ficou ferido. A Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco e o Corpo de Bombeiros estiveram no local, para cobrir as encostas com lonas de proteção e analisar os danos às casas. Segundo Ricardo Menezes, que mora perto das casas atingidas, os moradores ouviram o deslizamento e conseguiram sair do local a tempo. “Existe uma barreira atrás das casas e uma na frente. Ambas deslizaram. Na frente, há fios de alta tensão e estamos preocupados com possíveis acidentes. Quando os moradores ouviram o deslizamento, conseguiram sair e, felizmente, ninguém foi atingido”, disse Ricardo. Também em Ribeirão, a água voltou a invadir algumas casas que haviam sido atingidas durante o mês de maio. No bairro Ferroviária, às 5h desta sexta, moradores já haviam tirado os móveis de casa e ido para as casas de parentes e amigos. Também houve deslizamento de terra em Barreiros, também na Mata Sul. Em Gameleira, ruas ficaram alagadas e moradores também decidiram deixar as casas, com medo das enchentes. e acordo com o governo do estado, equipes da Operação Prontidão foram acionadas para dar assistência imediata aos municípios de Ribeirão, Cortês, Gameleira, Catende, Ipojuca, Cabo e Escada. Efetivos da Defesa Civil (Codecipe) e Corpo de Bombeiros estão nas localidades fazendo os atendimentos de emergência. A prioridade, segundo o governo, é a retirada das famílias das áreas de risco de desabamento de barreira para serem levadas a abrigos das prefeituras. A Codecipe está atendendo a população pelos telefones 199 e (81) 3181.2490.

 

 

Fonte: G1

A Polícia Militar prendeu um homem que efetuou disparos em praça pública durante uma festa no distrito de São Luiz, em Conceição de Ipanema, na madrugada deste sábado (1º/07). Segundo a PM, o suspeito foi preso após perseguição. O autor estava na praça e, ao perceber que militares haviam presenciado os disparos, entrou em um veículo e fugiu. Durante a perseguição, o autor perdeu o controle do carro e capotou. Dentro do veículo foi localizada uma arma com numeração raspada e uma garrafa de whisky; o que pode dar a entender, segundo a PM, que o autor fez uso de bebidas alcoólicas antes de efetuar os tiros e fugir. O carro, autor e material apreendidos foram levados para a delegacia de Polícia Civil de Caratinga.

 

 

Fonte: Portal Caparao

Mesmo fora da disputa da Copa das Confederações, o Brasil foi lembrado duas vezes na cerimônia de encerramento da competição, em São Petersburgo, neste domingo (2). O país foi homenageado com danças típicas, por ser um dos campeões do torneio, e ainda teve Ronaldo entregando em campo com a taça que será entregue ao campeão mais tarde. Ronaldo percorreu o gramado nos instantes finais da cerimônia carregando o troféu que ficará com o Chile ou com a Alemanha, que decidirão a Copa das Confederações a partir das 15 horas (horário de Brasília) - mais cedo Portugal garantiu o terceiro lugar ao vencer o México por 2 a 1, na prorrogação. Antes da entrada do ex-atacante da seleção brasileira, a cerimônia reservou homenagens a todos os países que já foram campeões do torneio-teste da Copa do Mundo. O Brasil, por ser o maior campeão, com quatro títulos, recebeu a homenagem mais longa, na qual dançarinos usavam temáticas locais para lembrar o país. No caso brasileiro, o tema foi o carnaval. No começo da cerimônia, os russos lembraram referências nacionais da futura sede da Copa, como o balé e danças típicas. Além disso, o evento contou com a presença do mascote do Mundial. TITE - Presente na Rússia na reta final da Copa das Confederações, o técnico Tite lamentou mais uma vez não poder estar com a seleção na competição. "Eu me sinto um pouco fora. É diferente ver o jogo daqui [de cima]. Eu preferia estar ali, na beira do gramado", brincou o treinador, em entrevista ao canal Sportv. Tite e o coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, apostaram em vitória do Chile na final deste domingo. Ambos estão na Rússia para acompanhar as partidas das semifinais e da final e também para escolher a futura sede brasileira na Copa de 2018. Nos últimos dias, eles visitaram diversas cidades, conheceram centros de treinamento e hotéis. "Temos muita coisa ainda a serem discutidas. Gostaria de definir isso o quanto antes", declarou Edu, sem estabelecer um prazo certo para a escolha da cidade.

 

 

Fonte: Hojeemdia

A possibilidade de a Câmara dos Deputados autorizar a investigação e, consequentemente, poder afastar o presidente Michel Temer por um prazo de até 180 dias fez o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se descolar do Palácio do Planalto. "O presidente da Câmara é presidente da Câmara, não de um governo. Não cabe ao presidente da Casa cumprir o papel de defensor de uma agenda porque essa não é uma agenda da Casa. Meu papel no caso da denúncia é ser o árbitro desse jogo. Não é ser defensor de uma posição ou de outra. Não tem como ter uma posição nem para um lado nem para outro", disse Maia ao Estado na sexta-feira (30). Caso Temer seja afastado, Maia assume a Presidência. Antes disso, é preciso que a Câmara autorize abertura de processo no Supremo Tribunal Federal (STF) e o plenário da Corte aceite a denúncia. Temer seria, então, afastado do posto. Aliados do presidente da Câmara têm afirmado que, se for necessário, Maia estará preparado para uma eventual transição. Não vai, segundo eles, agir para derrubar o presidente. Por outro lado, Maia é alvo de inquérito sigiloso no STF baseado em mensagens trocadas entre ele e o empresário Léo Pinheiro, dono da OAS, sobre uma doação de campanha em 2014. Maia nega prática de qualquer irregularidade.

 

 

Fonte: Hojeemdia

 

oi feita na manhã deste domingo (2) a reconstituição da troca de tiros em uma casa de prostituição em Florianópolis que resultou na morte de dois delegados da Polícia Federal em 31 de maio. Participaram Nilton César de Souza Júnior, suspeito de trocar tiros com os delegados, e testemunhas que não querem ser identificadas, conforme a RBS TV. Também estavam no local, o delegado Ênio Matos, da Delegacia de Homicídios, o promotor Luis Fernando Pacheco e o Instituto Geral de Perícias (IGP). A reconstituição começou por volta das 9h e terminou às 11h. Nilton e as testemunhas não falaram com a imprensa. Segundo o delegado, a reconstituição foi um pedido feito pelo Ministério Público para esclarer alguns detalhes que não estavam claros do que pode ter acontecido naquela madrugada. O resultado deve ser entregue ao MP pelo IGP em 15 dias. O promotor disse que ainda faltam alguns depoimentos e que aguarda o resultado da perícia, principalmente a comparação balísitica, para concluir se a versão dos envolvidos é plausível, e então decidir se Nilton agiu em legítima defesa ou cometeu homicídio.

 

 

Fonte: G1

Gretchen será a estrela do clipe com as letras da canção "Swish swish", de Katy Perry. A brasileira divulgou um teaser do vídeo em sua conta oficial no Facebook (veja aqui). Segundo ela, a versão completa será lançada nesta segunda-feira (3) nas redes sociais da americana. "Foi lindo, eu me emocionei várias vezes", escreveu Gretchen na publicação. "Está aí, meus amores, o Teaser de um trabalho fantástico com a Diva do Pop Mundial Kate Perry!" "Swish swish" é uma parceria entre Perry e Nicki Minaj e foi lançada em maio pela cantora. A canção faz parte de seu disco mais recente, "Witness".

 

 

Fonte: G1

m atentado suicida com carro-bomba deixou ao menos 20 mortos em Damasco, capital da Síria, neste domingo (2). Outros dois carros-bomba que seriam detonados foram interceptados pelas forças de segurança antes de atingir seus alvos, informou a TV estatal síria. O Ministério das Relações Exteriores da Síria disse em comunicado enviado à secretaria geral da ONU e ao Conselho de Segurança das Nações Unidas que 20 pessoas morreram, afirmou a agência estatal de notícias Sana. De acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), ONG que acompanha o conflito sírio, ao menos 21 pessoas morreram. Entre as vítimas estão civis, soldados e o próprio homem-bomba que estava no veículo. Vários feridos estão em estado grave, segundo o OSDH. De acordo com o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman, forças de segurança alcançaram os motoristas dos oitros dois carros na entrada de Damasco. Os dois homens morreram. As autoridades afirmaram que os suicidas pretendiam atingir áreas movimentadas no primeiro dia de trabalho após o feriado do Eid al-Fitr. "Ouvimos disparos às 6h (meia-noite deste domingo em Brasília) e, depois, houve uma explosão, que arrebentou as janelas dos edifícios do bairro", relatou à AFP Mohamed Tinawi, que mora na praça Tahrir. Ele contou ainda à agência de notícias ter visto voluntários do Crescente Vermelho socorrendo dois militares, carros carbonizados e danos materiais no posto de controle das forças de segurança. Nenhum grupo reivindicou de imediato responsabilidade pelas detonações. Esse é o pior ataque na capital síria desde março. Naquele mês, dois atentados suicidas deixaram em menos de duas horas um saldo de 32 mortos. Cinco dias antes, uma ex-facção síria da Al-Qaeda reivindicou a autoria de um outro atentado, que fez 74 mortos no centro histórico de Damasco.

 

 

Fonte: G1

 

Após quase dois anos de investigação, o Ministério Público do Rio Grande do Norte deflagrou nesta sexta-feira (16) uma operação contra integrantes de uma facção criminosa que coordenavam – de dentro de presídios – ações relacionadas ao tráfico de drogas, roubo de veículos, estouros de caixas eletrônicos, homicídios, estruturação da facção, entre outros. Denominada Juízo Final, a operação busca o cumprimento de 129 mandados de busca e apreensão, 21 mandados de prisão e 24 conduções coercitivas. As medidas estão sendo cumpridas em Natal, Parnamirim, Ceará Mirim, Macaíba, Baía Formosa, Mossoró, Itajá, Felipe Guerra, Baraúna, Caraúbas, Martins, Pau dos Ferros, São Francisco do Oeste, Tenente Laurentino Cruz. Também há cumprimento de mandados na Penitenciária Rogério Coutinho Madruga (Pav. 5), Penitenciária de Alcacuz, Cadeia Pública de Natal, CDP Zona Norte, Complexo Penal João Chaves, CDP Pirangi, Penitenciária Estadual de Parnamirim, CDP Parnamirim, Cadeia Pública de Mossoró, Presídio Mário Negócio, Cadeia Pública de Caraúbas, Presídio de Pau dos Ferros, CDP Patu, CDP Parelhas, CDP Jucurutu. De acordo com o MP, foram encaminhadas ao Poder Judiciário 26 denúncias contra os alvos da operação pelos crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Outras denúncias ainda serão oferecidas. A investigação mostrou que os alvos, que pertencem ao PCC, comandam o tráfico de drogas de dentro dos presídios apresentando uma área de atuação em praticamente todo o sistema carcerário potiguar e mantendo articulações com integrantes da investigada facção em outros estados do Brasil. Na análise dos áudios interceptados, é revelado que os principais investigados integram uma organização criminosa com divisões de tarefas bem definidas visando a prática de crimes, além de acirrarem a rixa contra o Sindicato do RN, facção existente no Rio Grande do Norte. Resgate de presos, assaltos, roubo de veículos, tráfico e plano para matar rivais são alguns dos assuntos discutidos entre os investigados durante o período que tiveram suas ligações telefônicas monitoradas. Em alguns dos áudios, é possível notar que alguns dos investigados estão comandando o tráfico de drogas de dentro dos presídios na Grande Natal e em Mossoró. Cadernos apreendidos apontam a relação dos integrantes da facção criminosa com data de batismo, função e número de telefones. Além disso, documentos com dados bancários foram apreendidos, o que colaborou para demonstrar a movimentação financeira do grupo. A operação também revelou um esquema “familiar” usado pelos investigados que estão presos. De acordo com o MP, mulheres conhecidas como “cunhadas” fornecem seus dados bancários para transações financeiras dos presos. Houve o afastamento do sigilo bancário de 184 contas relacionadas com a facção, as quais movimentaram, em um período de dois anos, aproximadamente R$ 6 milhões. Um caso, em especial, mostra que, em dois anos, uma das mulheres movimentou R$ 1,3 milhão na conta bancária em uma cidade do Oeste potiguar. Os alvos da operação vão responder pelos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, lavagem de dinheiro, entre outros. O material apreendido no cumprimento de outros mandados será analisado junto com o que já estava em posse dos promotores que atuaram na operação. Rebelião e mortes A Penitenciária Estadual de Alcaçuz, um dos alvos de mandados nesta sexta, foi palco de uma rebelião que deixou 26 mortos em janeiro deste ano. A rebelião começou quando presos do pavilhão 5, que abriga integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC), usando armas brancas, quebraram parte de um muro e invadiram o pavilhão 4, onde há presos que integram o Sindicato do Crime, facção criminosa rival do PCC. As duas facções travaram uma verdadeira guerra dentro da unidade prisional durante pelo menos seis dias. No dia 31 de janeiro, cinco criminosos apontados como chefes do PCC foram transferidos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz para o presídio federal de Porto Velho, em Rondônia.

 

 

Fonte: G1

americano John Mayer fará shows em cinco capitais brasileiras em outubro deste ano. O próprio músico anunciou a passagem pelo país em suas páginas oficiais. Ele se apresentará em São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre e Rio de Janeiro (veja, abaixo, o serviço dos shows do cantor no país). Mayer veio ao Brasil pela última vez em 2013, para tocar no Rock in Rio. O cantor ficou famoso no início dos anos 2000 com a música "Your body is a wonderland", de 2002, que lhe rendeu seu primeiro Grammy - ele ganhou o prêmio outras seis vezes. Com seu pop folk e country, emplacou ainda hits como "Gravity" e "Daughters". Os shows deste ano no Brasil fazem parte da turnê do disco "The search for everything", lançado neste ano. Primeira série de apresentações solo do músico desde 2014, ela traz canções solo acústicas, com o John Mayer Trio e com a banda completa do artista. São Paulo Quando: 18 de outubro Onde: Allianz Parque Ingressos: Venda a partir de 5 de junho no site Livepass, preços vão de R$ 120 a R$ 640 Belo Horizonte Quando: 20 de outubro Onde: Esplanada do Mineirão Ingressos: Venda a partir de 23 de junho no site Livepass, preços vão de R$ 120 a R$ 500 Curitiba Quando: 22 de outubro Onde: Pedreira Paulo Leminski Ingressos: Venda a partir de 6 de junho, preços vão de R$ 200 a R$ 1.000 Porto Alegre Quando: 24 de outubro Onde: Anfiteatro Beira Rio Ingressos: Venda a partir de 23 de junho no site Livepass, preços vão de R$ 115 a R$ 700 Rio de Janeiro Quando: 27 de outubro Onde: Jeunesse Arena Ingressos: Venda a partir de 22 de junho no site Livepass, preços vão de R$ 120 a R$ 590

 

 

Fonte: G1

Uma multidão ocupa a Avenida Atlântica, na altura do posto 3, em Copacabana (zona sul do Rio), na tarde deste domingo (28) em protesto contra o presidente Michel Temer (PMDB) e por eleições diretas para ocupar a presidência. "A primeira medida necessária é a saída de Temer", afirmou o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AM). Para o congressista, há duas formas de isso ocorrer: o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassar a chapa formada por Dilma Rousseff e Michel Temer ou a Procuradoria Geral da República denunciar Temer, o que dependeria de autorização do Poder Legislativo. "O mais rápido seria o presidente renunciar, mas não se pode esperar isso dele", afirmou. Para o deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), mesmo se a eleição direta para presidente nesse momento não for instituída, a mobilização popular é importante. "Em 1984 não conseguimos aprovar (a eleição direta), mas o movimento popular acelerou o fim da ditadura e as conquistas da Constituição de 1988." O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) afirma ser possível prever hoje o desfecho da crise política. "Nós exigimos eleições diretas para presidente, mas não dá pra saber qual será a decisão do Congresso. Há uma proposta de emenda constitucional que será votada na próxima quarta-feira na Comissão de Constituição e Justiça. Mas tem outras variáveis: parece que o (deputado federal) Rocha Loures (flagrado recebendo R$ 500 mil) está negociando delação premiada. Então muita coisa pode acontecer", avaliou. O deputado federal Alessandro Molon (Rede), autor do primeiro pedido de impeachment de Temer após a divulgação da delação dos donos da Friboi, afirmou que a mobilização popular pode convencer os congressistas a aprovar uma emenda constitucional que institua eleições diretas. A regra prevista na Constituição para substituição do presidente nos dois últimos anos de mandato é por eleição indireta. "Essa não é uma causa de um partido político, de um segmento, essa é a melhor solução para o País". Molon acredita que o TSE vai cassar a chapa Dilma-Temer em 6 de junho. "Mas espero que não haja pedido de vista, que é a vontade de Temer", afirmou. No protesto na Avenida Atlântica, desde as 12h estão ocorrendo shows de diversos artistas. A principal exibição será de Caetano Veloso, a partir das 16h.

 

 

Fonte: G1

Página 1 de 14

Notícias mais lidas

Quem Somos

A Radio Nocaute tem como principal meta, tocar os sucessos mais antigos em sua programação, não deixando é claro de tocar os sucessos da atualidade. Nossa programação é feita com 60% de músicas antigas. Trabalhamos com muito carinho para oferecer uma programação diferenciada aos nossos ouvintes.
Saiba mais

 

Nossa Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades e promoções em seu e-mail!

Siga-nos pelo Facebook