Equipe
Rádio Nocaute

Rádio Nocaute

Um morador de Praia Grande, no litoral de São Paulo, recebeu uma multa por um motivo um tanto quanto inusitado. A infração teria sido cometida quando o rapaz dirigia uma motocicleta, no bairro Boqueirão, sem cinto de segurança. A imagem da infração foi parar nas redes sociais e, em poucas horas, gerou milhares de compartilhamentos por conta do ineditismo. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, a infração é considerada grave. O motorista enquadrado nessa irregularidade é punido com a perda de cinco pontos na carteira de habilitação e é obrigado a pagar uma multa no valor total de R$ 195,23. Caso o motorista some 21 pontos na CNH, dentro de 12 meses, a habilitação é suspensa. A infração do condutor de Praia Grande, que prefere não se identificar, foi anotada por um agente de trânsito de Praia Grande, exatamente às 16h18 do dia 4 de janeiro deste ano, na esquina das ruas Pernambuco e Bahia, no bairro Boqueirão. O motociclista resolveu recorrer e, de acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito, a multa foi anulada. "Assim que constatado o erro, a multa foi anulada. O problema foi causado por falha no preenchimento do auto de infração de trânsito por uma agente durante a fiscalização", explicou, por meio de nota, a Prefeitura de Praia Grande. A secretaria aponta ainda que foi aberta uma apuração administrativa e que todos os funcionários públicos estão passando por novas orientações para evitar situações como essa.

 

 

Fonte: G1

Cerca de 11.500 civis afegãos morreram ou ficaram feridos em 2016 no Afeganistão, um terço dos quais são crianças, o pior balanço anual desde 2009, ano em que este censo de vítimas começou, anunciou nesta segunda-feira (6) a Missão de Assistência da ONU (UNAMA). Mais de 3.500 crianças figuram entre as vítimas, um balanço em aumento desproporcional de 24% em um ano, indicou a UNAMA. A metade deste aumento de vítimas infantis ocorreu devido aos combates entre forças governamentais e os insurgentes talibãs. A outra metade foi registrada pela explosão de munições abandonadas pelos beligerantes, disse a fonte. "Entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2016, a UNAMA registrou 11.148 vítimas civis (4.498 mortos e 7.920 feridos)", o que representa um aumento geral de 3% (+6% dos feridos). A UNAMA registrou "um número recorde de vítimas em combates terrestres, ataques suicidas e explosivos abandonados, e o pior balanço de vítimas de operações aéreas desde 2009", indicou a diretora de Direitos Humanos do organismo, Danielle Bell. Os ataques aéreos dos aviões afegãos e americanos deixaram 590 vítimas civis - 250 mortos e 340 feridos -, em localidades e casas onde havia mulheres e crianças, como em Kunduz em outubro de 2016. Desde que a missão da ONU no Afeganistão começou a realizar um balanço anual de vítimas, em 2009, registrou um total de 24.841 mortos e 45.347 feridos, disse Bell. A ONU atribui 61% destas vítimas às forças antigovernamentais, principalmente os talibãs, mas também os Estados Unidos (EI). O número de vítimas do Estado Islâmico multiplicou por dez em um ano, indicou Bell. Em 2016, o EI matou 206 civis e feriu 690, sobretudo em atentados contra a minoria xiita, principalmente em Cabul, indicou a UNAMA.

 

 

Fonte: G1

O secretário adjunto de Administração Prisional (Seap) de Minas, Robson Lucas da Silva, descartou qualquer ligação entre o motim na Penitenciária Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves, e faccões nacionais que têm comandado rebelições e massacres nos presídios do país, como o Comando Vermelho, PCC e Família do Norte. Nove pessoas ficaram feridas sem gravidade durante o motim encerrado na madrugada desta terça-feira (17), sendo 8 presos e um agente penitenciário. Os detentos que lideraram o movimento estão sendo transferidos para outros presídios de Estado, dentre eles a Penitenciária Nelson Hungria. "O serviço de inteligência do Estado tem feito um monitoramento intenso. Não foi identificada nenhuma vinculação com facções conhecidas. Houve, sim, uma insatisfação com o recrudescimento dos procedimentos de segurança e a supressão de regalias. A partir disso veio a rebelião", disse Silva, destacando que o diretor Rodrigo Machado, alvo de denúncias de maus tratos dos presos, permanece no cargo. "É um profissional respeitado e depositamos nele toda a confiança para que se estabeleçam os procedimentos que deixaram de ser observados na unidade. Em momento algum houve agressão ou qualquer situação que pudesse provocar constrangimento aos detentos", garantiu. O motim começou na noite de segunda-feira (16) no pavilhão 4 e se estendeu por outros dois pavilhões, cada um com 372 presos. Os detentos quebraram parte das estruturas e atearam fogo em colchões. Detentos alegaram pressão psicológica, falta de atendimento médico, assédio contra familiares e pediram a substituição do diretor Rodrigo Machado. A rebelião foi controlada ainda na madrugada desta terça-feira por agentes prisionais. Nos pavilhões danificados, muita sujeira e paredes quebradas. O secretário, no entanto, confirmou a superlotação, lembrando que trata-se de um problema nacional. Com capacidade para 1.163 presos, a Dutra tem hoje 2.109 detentos. "Infelizmente, o problema subsiste, apesar de todo o esforço para a gestão de vagas", afirmou.

 

 

 

Fonte: Hojeemdia

Após o surto de febre amarela no Leste de Minas, o Hospital Márcio Cunha de Ipatinga criou um espaço exclusivo para atender pacientes com suspeita da doença. Até esta terça-feira (17), 24 pessoas deram entrada na instituição, quatro delas receberam alta e cinco morreram. Desse total, 15 pacientes continuam internados, sendo 10 nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) – Unidade Amarela, e cinco estão nas enfermarias. Os novos leitos exclusivos da UTI- Unidade Amarela são para pacientes em estado mais grave. Segundo a instituição, os doentes trazidos por meio do Sistema Único de Saúde para o Hospital Márcio Cunha vieram das cidades de Caratinga, Ipatinga, Inhapim, Imbé de Minas, São Sebastião do Maranhão, Frei Gaspar, Piedade de Caratinga, Ladainha, José Raydan, Ubaporanga e Ipanema.“Com o foco em acolher os pacientes transferidos pelo SUS de outros hospitais de Caratinga e região, nós interrompemos nosso planejamento de obras no 7º andar da Unidade I, que seria reformado agora em janeiro, para readequamos uma parte dessa estrutura transformando-a na nova UTI”, explicou o diretor executivo Luís Márcio Araújo Ramos. O diretor executivo conta que para manter a estrutura foi preciso contratar novos profissionais. Além da mão de obra, o setor específico para o tratamento de alta complexidade dos casos graves de Febre Amarela está equipado com monitores, equipamentos de ventilação mecânica e de hemodiálise. O estudante Dione Alves Costa é da zona rural de Caratinga está internado no hospital Márcio Cunha desde sábado (16). Ele chegou a ser imunizado, mas apresentou sintomas da doença. "Tomei a vacina em um dia e no outro apareceram os sintomas da doença. Corri para o Hospital de Caratinga, fui atendido e em seguida transferido para Ipatinga. Agora aguardo o resultado do exame", disse. Ocorrências e mortes O Secretário de Saúde da Prefeitura de Caratinga, Giovane Correa, informou, na manhã desta terça-feira (17), que são investigados 113 casos suspeitos na microrregião e 11 mortes; destas, quatro tiveram exames confirmados com febre amarela. Os óbitos foram em Caratinga, Imbé de Minas, Ubaporanga e Piedade de Caratinga. Já nos municípios da área da Superintendência Regional de Saúde de Teófilo Otoni, a Secretária de Saúde informou que até na segunda-feira (16) foram registrados 84 notificações de suspeita de febre amarela silvestre, com 32 mortes, das quais quatro já foram confirmadas. Das mortes confirmadas, as vítimas são das cidades de Malacacheta, Ladainha, Itambacuri e Frei Gaspar. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou, na tarde dessa segunda-feira (16), que as notificações de mortes de pessoas com suspeita de febre amarela subiram para 47 em Minas Gerais. Em relação ao último balanço, são mais nove mortes investigadas. O número de casos suspeitos chegou a 152.

 

 

 

Fonte: G1/vales

Após faltar em alguns postos de saúde de Governador Valadares, 20 mil doses de vacina contra a febre amarela foram distribuídas na cidade nesta terça-feira (17). As doses foram encaminhadas a 59 unidades de saúde e 10 unidades básicas de saúde da cidade. “No decorrer da semana teremos vacina em todas as salas de vacina da cidade. E com isso a população pode procurar com calma a unidade de referência da sua moradia. Nós estamos inclusive convocando os funcionários que estavam de férias; eles estão retornando para dar suporte para a Secretaria Municipal de Saúde e atender a comunidade da área que trabalha”, explica a coordenadora do setor de imunização Márcia Cordeiro. Ainda de acordo com ela, entre os anos de 1999 e 2001 foram realizadas duas campanhas intensas contra a febre amarela na cidade, imunizando cerca de 99% da população. Apesar disso, muitos procuram os postos de saúde alegando que não tomaram ainda nenhuma dose da vacina. “Infelizmente muitas pessoas não guardam o cartão de vacina. É muito importante que valorize esse cartão, porque é um documento. O cuidado que se tem com a carteira de identidade, com a certidão de casamento e outros, precisa ter também com o cartão de vacina, porque num momento desse diminuiria o pânico”, ressalta. A cuidadora de idosos Glória Amorim levou a filha de nove anos para tomar a primeira dose, o maior receio dela é por ter parentes em área onde já foram feitas notificações de casos suspeitos. “Eu preocupo mais com a minha filha que comigo mesma nessa questão. Eu tenho parentes em Poté e estou também muito preocupada com a minha mãe, de 86 anos, por conta da idade dela a imunidade está baixa”. A Prefeitura de Governador Valadares divulgou os locais de vacinação; confira: Na zona urbana: ESF Altinópolis III E IV; ESF Atalaia; ESF Azteca; ESF Bela Vista; ESF Caic I; ESF Caic II; ESF Carapina; ESF Esperança; ESF Fraternidade; ESF Ipê; ESF J. Do Trevo; ESF J. Primavera; ESF Mãe De Deus I e II; ESF Novo Horizonte; ESF S. Efigênia; ESF Santa Helena I E II; ESF Santa Paula; ESF Santa Rita I; ESF Santa Terezinha; ESF Santos Dumont II; ESF São Pedro; ESF São Raimundo; ESF Sir I e II; ESF Turmalina I, II e III; ESF V. Dos Montes; ESF Vila P. Ibituruna; UBS Centro; UBS Lourdes; UBS Vila Bretas; UBS Vila Mariana e Unimed. Na zona rural: Alto Santa Helena; Baguari; Córrego Dos Prazeres; Goiabal; Itapinoã; Nova Brasília; Penha Do Cassiano; Pontal; Santo Antônio Porto; São Vitor; Vila Nova Floresta; Xonin De Baixo e Xonin De Cima.

 

 

 

Fonte: G1/vales

O vice-presidente nacional do PT, Paulo Teixeira (SP), informou nesta terça-feira (17) que o partido decidiu criar uma comissão de deputados para negociar com os candidatos à presidência da Câmara. A declaração foi dada após uma reunião entre a bancada e o presidente da legenda, Rui Falcão. A eleição na Casa está marcada para 2 de fevereiro e, até esta terça, já haviam lançado as candidaturas os deputados Rogério Rosso (PSD-DF), Jovair Arantes (PTB-GO) e André Figueiredo (PDT-CE) - atual presidente, Rodrigo Maia (DEM-RJ) ainda não se diz candidato, mas já iniciou uma campanha informal e tem oferecido jantares a parlamentares. "É uma comissão que foi designada pela bancada para discutir com os quatro candidatos. [...] Esta comissão vai dialogar com o presidente Lula na quinta-feira e com o Rui também, antes da Executiva", afirmou Paulo Teixeira nesta terça. Segundo o parlamentar, integrarão a comissão, além dele: Arlindo Chinaglia (SP), Afonso Florence (BA), Carlos Zarattini (SP), Décio Lima (SC), Givaldo Vieira (ES), José Mentor (SP), Paulo Pimenta (RS), e Pedro Uczai (SP). A "Executiva" à qual Teixeira se referiu é a Comissão Executiva Nacional do PT, que se reunirá em São Paulo nesta quinta (19) para discutir, entre outros pontos, a eleição na Câmara. Na sexta, será a vez de o Diretório Nacional do partido se reunir. A expectativa é que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participe dos encontros. Dos quatro deputados que disputam a presidência da Câmara, somente André Figueiredo (PDT), assim como PT e PCdoB, faz oposição ao governo do presidente Michel Temer. Parte dos parlamentares dessas legendas, contudo, estuda apoiar a candidatura de Rodrigo Maia (DEM), aliado do Palácio do Planalto - alguns deputados do PT também cogitam dar apoio a Jovair Arantes, relator do processo de impeachment de Dilma Rousseff no ano passado. Também presente ao encontro da bancada, o líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini, falou com a imprensa após a reunião. Questionado sobre o "grau de desconforto" que pode gerar à legenda um eventual apoio a um aliado de Temer, ele respondeu: "Esta questão é secundária para nós, desde que haja respeito às regras democráticas ao regimento a proporcionalidade." Com a proximidade da eleição na Câmara, os partidos iniciaram uma disputa por um dos 11 cargos na Mesa Diretora. Esses postos são estratégios, pois cabe a quem os ocupa tocar o dia a dia político e administrativo da Casa. "Nós não definimos e não nos posicionamos em relação aos candidatos que estão colocados aí. Nós estamos reafirmando o nosso posicionamento pelo respeito à democracia e a proporcionalidade na casa e queremos colocar aos candidatos essa exigência, que haja democratização, respeito ao regimento e participação popular na casa", completou Zarattini. Logo após a declaração de Zarattini, o presidente do PT, Rui Falcão, disse ser "importante" que o partido tenha representação na Mesa Diretora da Câmara nos próximos dois anos para fazer oposição ao governo Temer. "O importante é que haja democracia para que a gente possa se manifestar como oposição. E que haja um sentimento desses deputados de que o que está sendo feito não corresponde ao que a população espera. Estão revogando direitos, estão fazendo medidas antidemocráticas. Estão desmontando, em pouco tempo, algo que foi construído com muito sacrifício ao longo de 13 anos", disse Falcão. Questionado, então, sobre o "peso" de Lula na decisão do partido sobre quem apoiar na Câmara, Rui Falcão respondeu: "Sempre tem um peso muito grande. Tanto é que querem que ele seja candidato de novo. É uma aspiração nacional a candidatura do Lula à Presidência da República".

 

 

 

Fonte: G1

Aproximadamente 250 índios da Aldeia Vanuire em Avaí, entre Arco-Íris e Tupã (SP), estão ilhados depois que as duas pontes que ligam a aldeia às cidades vizinhas foram levadas pela chuva desta terça-feira (17). O trajeto para chegar até as duas cidades era de 12 quilômetros. Segundo o cacique responsável pela aldeia, sem as pontes existe apenas um caminho que aumenta o percurso em 100 quilômetros. Tanto a prefeitura de Tupã como a prefeitura de Arco-Íris estão por dentro do problema e disseram que vão avaliar a situação e resolver o quanto antes. Em dezembro de 2015, o mesmo problema deixou os integrantes da aldeia ilhados. A ponte cedeu e causou muitos transtornos.

 

 

 

Fonte: G1

Donald Trump vai assumir a presidência dos EUA na sexta-feira (20) com uma taxa de aprovação de apenas 40%, a menor entre os presidentes recentes e 44 pontos percentuais abaixo de Barack Obama. A pesquisa foi feita pela CNN/ORC e divulgada nesta terça-feira (17). Após um período de transição tumultuado, o índice de aprovação de Trump ficou mais de 20 pontos abaixo do que os de seus três predecessores mais recentes. Obama tomou posse em 2009 com 84% de aprovação, 67% aprovavam Bill Clinton no fim de dezembro de 1992 e 61% aprovavam a transição de George W. Bush logo antes de ele tomar posse, em janeiro de 2001. Segundo a pesquisa, cerca de 53% dos americanos disseram que os comunicados e as ações de Trump desde o dia da eleição os deixaram menos confiantes em sua habilidade de conduzir a presidência. Os entrevistados se dividiram igualmente quando questionados se Trump vai ser um presidente bom ou ruim (48% para cada lado). Apesar disso, muitos americanos continuam confiantes de que Trump vai cumprir muitas das promessas de campanha. A maioria disse que é provável que ele imponha tarifas às empresas que transferirem suas fábricas para o México (71%), renegociar o Nafta (61%) e criar empregos qualificados em áreas desafiadoras (61%). Em sua conta no Twitter, Trump fez críticas à pesquisa, sem citar a CNN. "As mesmas pessoas que fizeram as falsas pesquisas eleitorais, e estavam tão erradas, estão agora fazendo pesquisas de taxa de aprovação. Eles estão sendo parciais como antes", escreveu.

 

 

Fonte: G1

Uma lei estadual restringe o horário de serviços de telemarketing e cobrança de débito, pelo telefone, aos sábados, domingos e feriados. A lei, de autoria do deputado Gilsinho Lopes (PR), já foi sancionada pelo Governador e publicada no Diário do Poder Legislativo na sexta-feira (13). A lei estabelece que empresas prestadoras desses serviços só poderão efetuar ligações aos consumidores de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 19h. Ela passa a vigorar em 45 dias, a partir da data de publicação. O objetivo, segundo o deputado, é garantir o direito ao descanso e ao lazer, o que já está previsto no Código de Defesa do Consumidor. “Apesar de o código ser uma importante ferramenta em favor da parte mais vulnerável, suas regras são gerais e amplas. Logo, torna-se imprescindível e fundamental a edição de uma lei estadual direta e específica”, disse Gilsinho.

 

 

Fonte: G1

Quem Somos

A Radio Nocaute tem como principal meta, tocar os sucessos mais antigos em sua programação, não deixando é claro de tocar os sucessos da atualidade. Nossa programação é feita com 60% de músicas antigas. Trabalhamos com muito carinho para oferecer uma programação diferenciada aos nossos ouvintes.
Saiba mais

 

Nossa Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades e promoções em seu e-mail!

Siga-nos pelo Facebook