Regionais

Regionais

O valor da passagem dos os ônibus municipais convencionais de Vitória aumentou e passou para R$ 3,15. Atualmente, a passagem custa R$ 2,70. O aumento é de 16,6%. A nova tarifa passa a valer a partir desta segunda-feira (16). O conselho que decidiu sobre o reajuste se reuniu na tarde desta quinta-feira (12) . Outros aumentos de tarifa Já a passagem dos ônibus seletivos municipais vai subir de R$ 3 para R$ 4. O reajuste foi anunciado pela Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana. Em 1º de janeiro, a passagem dos ônibus do Sistema Transcol sofreu reajuste e passou a custar R$ 3,20, um aumento de 16,36%. Exigência de melhorias Segundo o titular da Setran, Oberacy Emmerich Júnior, serão exigidas das empresas que prestam serviço para o sistema municipal de transporte coletivo melhorias na segurança, na limpeza e na logística dos coletivos. "Iremos aumentar a fiscalização para o cumprimento do itinerário e do horário dos ônibus", disse. Ele ainda destacou que a proximidade com o valor da tarifa do Transcol, que passou a custar R$ 3,20, irá facilidade a integração futura dos sistemas. Além dos ônibus convencionais, a Prefeitura manterá os ônibus do Porta a Porta gratuitamente para as pessoas com deficiência, além do serviço Ponto Vitória.

 

 

Fonte: G1

As fortes chuvas que atingem o Leste de Minas Gerais fizeram com que o prefeito de Itueta (MG), Cláudio Borchadt (DEM), ficasse ilhado em um povoado da zona rural da cidade onde vive. Na manhã desta quinta-feira (24), a Defesa Civil da cidade informou que todos os acessos ao local estão obstruídos. Ainda de acordo com o órgão, as seis pontes do local, que ligam o distrito de Quatituba à Vila Neitzel, cederam ou foram arrastadas pela água dos córregos que passam pela zona rural. O local é uma comunidade alemã, com aproximadamente 300 moradores. Carlos Borchadt ocupa a vaga deixada por Orestes Baldon (DEM), que morreu em 2013; na ocasião, Borchadt era vice-prefeito do município. Além da vila, toda a zona rural do município foi afetada pelas consequências das chuvas, e cerca de 1500 pessoas estão ilhadas. Segundo o coordenador da Defesa Civil, e também secretário municipal de infraestrutura da cidade, Leandro Santos Campos, 24 casas foram danificadas pelas chuvas e por quedas de barreiras na cidade, seis delas só no distrito de Quatituba; cerca de 50 pessoas foram levadas para abrigos comunitários. Apesar dos estragos, não há registro de feridos. Ainda segundo a Defesa Civil, o município está sem o abastecimento de água, devido a um problema na adutora da cidade, mas informou também o problema já está sendo solucionado. A prefeitura da cidade decretou estado de emergência no dia 19 deste mês, devido às chuvas que atingem a região desde sexta-feira (18). O órgão disse ainda que os moradores das regiões atingidas precisam de doações de alimentos e água.

 

 

Fonte: G1

Um cenário de desolação é visto em Nicolândia, distrito que fica a cerca de 50 km de Resplendor. Casas desabadas e entulhos nas ruas são o resultado de uma tromba d'água que atingiu o local na noite da última sexta-feira (18), quando cinco pessoas desapareceram na enxurrada que tomou conta do local. Até a tarde deste domingo (20), três corpos já haviam sido encontrados. Duas mulheres, de 64 e 46 anos, permanecem desaparecidas. “A primeira ação foi de busca das pessoas dadas como desaparecidas; cinco pessoas, e até o momento foram encontrados três corpos, dois permanecem desaparecidos. Nós iniciamos as buscas nas casas e na área próxima. Foi um trabalho lento, onde a gente foi tirando os escombros, a estrutura colapsada da casa, tivemos que retirar isso aqui para saber se acessava o corpo em algum lugar do imóvel. Assim que a gente zerou as buscas nas casas, aí foi dado sequência ao longo do leito do rio”, informa o comandante do 6º Batalhão do Corpo de Bombeiros, Major Fernando Augusto. A dona de casa, Maria de Lourdes Damasceno, é filha de uma das vítimas da tragédia. Ela estava na casa que morava com o pai, o aposentado Hildo Damasceno, de 73 anos, quando a água arrastou os dois para fora de casa. “Foi muito rápido, eu estava preparando para dormir quando a água veio. Estava com o meu pai, que foi carregado pela água ainda na cama, deitado do colchão. Eu tentei salvá-lo, mas não consegui. Estava no meio do córrego, quando consegui agarrar numa árvore e sair do rio, mas meu pai tinha a saúde muito debilitada, ele não conseguiu”, recorda Maria de Lourdes. Hernanda Gomes também perdeu o pai, Hermindo Gomes, de 64 anos, na enxurrada. Ela mora em uma cidade vizinha e veio para Nicolândia neste sábado para ajudar nas buscas. A madrastra dela, esposa de Hermindo, ainda permanece desaparecida. “Fiquei sabendo pela internet, às três da manhã. Levantei e meu esposo me trouxe aqui, nem esperei o dia amanhecer, e lá em casa também tava cheio de água. Eu estou triste porque ainda não liberaram o corpo do meu pai, mas falaram que vai liberar, taí desde sexta que ele faleceu. Estou preocupada ainda com a minha madrasta, que está desaparecida, e com o outro casal que desapareceu, que eram amigos nossos”, desabafa Hernanda. Além dos três mortos e dos dois desaparecidos, o distrito sofreu grandes perdas materiais. Segundo a Defesa Civil, 73 casas foram atingidas pela tromba d´água, deixando 152 pessoas desalojadas; outras 42 casas foram totalmente destruídas, resultando em 127 pessoas desabrigadas, no distrito de aproximadamente 1.600 pessoas. O aposentado Antônio José Marle, de 68 anos, mora em Resplendor, mas tem uma casa em Nicolândia, que era o seu sonho de uma aposentadoria tranquila. Na manhã deste domingo ele chegou para conferir os danos: “Eu perdi, não vou dizer que perdi tudo, mas perdi muito. Tava reformando para ficar mais tranquilo. No mesmo dia eu fiquei sabendo, mas ontem tava muito danificado e decidi esperar. Estou chegando agora. Esse sonho continua, vamos reconstruir tudo”. A Defesa Civil já atua junto com o município de Resplendor na elaboração de decreto para facilitar as obras de limpeza e posterior reconstrução da cidade. Segundo o diretor de emergência, tenente Sandro Brágio, a decisão sobre um decreto de situação de emergência ou de calamidade pública depende da avaliação dos danos no local. “As primeiras medidas foram de ajuda humanitária, a partir de agora começa a reconstrução do distrito, lavagem de ruas, limpeza das casas. Estamos providenciando o decreto para posteriormente para o Estado homologar e enviar para a União reconhecer. Em posse disso, o município terá alguns benefícios que a decretação oferece, tais como recursos financeiros e poder realizar compras sem certas regras de licitação”, conclui o tenente.

 

 

Fonte: G1

Fortes chuvas causaram estragos em várias regiões do municipio de Resplendor na região leste de Minas Gerais. No patrimonio do horácio as chuvas fortes cairam por mais ou menos 02 (Duas ) horas. No distrito da Vila Calixto choveu forte por mais ou menos 01 ( Uma) hora. A chuva forte que cai também no distrito de Nicolândia, deixou moradores desabrigados na manhã deste sábado (19). Segundo a Defesa Civil, o corpo de um cadeirante foi localizando em meio aos escombros de uma casa que foi arrastada pela enxurrada. O Corpo de Bombeiros foi acionando para socorrer as famílias desabrigadas, mas, segundo os militares, o acesso ao distrito está difícil, devido a queda de uma ponte que dá acesso ao vilarejo. A Defesa Divil informou ainda que cerca de 60% dos moradores do distrito, de aproximadamente 1600 habitantes, estão desabrigados.

 

Fonte: Rádio  Nocaute

Dois criminosos incendiaram um ônibus particular em Ipaba (MG), na noite dessa quinta-feira (03). Segundo a Polícia Militar, além de incendiar o veículo, os autores também deram ordem para que os moradores não saíssem de suas casas. Ninguém se feriu. Ainda de acordo com a PM, o fogo destruiu todo ônibus, danificou a rede elétrica da Cemig, um telefone público e atingiu também um comércio, que fica próximo ao local onde o veículo estava estacionado. As chamas foram controladas pelo Corpo de Bombeiros. Após o crime, eles fugiram em uma motocicleta e ainda não foram presos. A proprietária do ônibus esteve no local e disse que o veículo prestava serviço para uma empresa de celulose do Vale do Aço.

 

 

Fonte: G1

Página 3 de 4

Quem Somos

A Radio Nocaute tem como principal meta, tocar os sucessos mais antigos em sua programação, não deixando é claro de tocar os sucessos da atualidade. Nossa programação é feita com 60% de músicas antigas. Trabalhamos com muito carinho para oferecer uma programação diferenciada aos nossos ouvintes.
Saiba mais

 

Nossa Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades e promoções em seu e-mail!

Siga-nos pelo Facebook