Ver todas Notícias

Nesta quinta-feira (28) o Diário Oficial da União (DOU) publicou uma determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), proibindo a venda e a distribuição em todo o país de quatro lotes de extrato de tomate das marcas "Amorita", "Aro", "Elefante" e "Predilecta", e de um lote de molho de tomate tradicional da marca "Pomarola". A decisão foi tomada após um laudo encontrar pelo de roedor acima do limite máximo de tolerância pela legislação vigente. Com a determinação, as fabricantes terão que recolher os produtos do mercado. Veja os produtos que devem ser recolhidos: - Extrato de tomate Predilecta - Lote 213 23IE - Validade 03/2017 - Extrato de tomate Aro - Lote 002 M2P - Validade 05/2017 - Molho de tomate tradicional Pomarola - Lote 030903 - Validade 31/08/2017 - Extrato de tomate Elefante - Lote 032502 - Validade 18/08/2017 No último dia 18 de julho, a Anvisa já havia proibido a comercialização e distribuição de um lote do extrato de tomate da marca "Heinz", que possui pelo de roedor acima do limite tolerado.

 

 

Fonte: Diarioonline

Os atletas brasileiros foram oficialmente recepcionados na manhã deste domingo (31), na Vila Olímpica. Mais de 100 convidados participaram do evento, entre funcionários do Ministério Esporte, Forças Armadas e Comitê Rio-2016. A festa terminou com samba e muita dança. Entre os cerca de 60 competidores brasileiros presentes no local, um dos destaques foi o atleta do hóquei na grama, Bruno Mendonça, atleta-militar que prestou continência durante toda a execução do Hino Nacional. Ele é sargento da aeronáutica. "Acho completamente normal. É uma maneira de mostrar respeito ao país, à bandeira e até aos nossos adversários", comentou Bruno. A cerimônia ainda teve um momento em que todos cantaram o Hino à capela, gesto que ficou famoso na Copa do Mundo de 2014. O humorista Fábio Porchat, um dos padrinhos do Time Brasil, participou da celebração. O prefeito do Rio Eduardo Paes também esteve no local e se vestiu como os atletas, com um agasalho da delegação brasileira. A cerimônia de apresentação dos atletas brasileiros na Vila Olímpica foi um pouco diferente de outras delegações, quando participaram da celebração apenas os atletas e membros da equipe. A principal delas foi a realização de todos os discursos em português.

 

 

Fonte:  Bol

O astro pop Justin Bieber disse não a um cachê de US$ 5 milhões (mais de R$ 16 milhões) oferecido por um show na convenção republicana que confirmou o bilionário Donald Trump como candidato à presidência dos EUA, informou nesta sexta-feira (29) o site TMZ. Segundo a publicação, que cita fontes da CAA, empresa que representa o cantor, o ídolo do basquete LeBron James, amigo de Bieber, o aconselhou a negar a oferta. Seu agente também teria chegado a ameaçar pedir demissão caso a apresentação fosse confirmada. O show duraria 45 minutos e aconteceria em um local próximo à Quicken Loans Arena, em Cleveland, onde a convenção foi realizada entre 18 e 21 de julho. Os contratantes teriam argumentado que não se tratava de um "ato político", nem de uma declaração de apoio a Trump. Pelo contrato citado pelo TMZ, o cachê e os custos de produção seriam bancados por doadores da campanha do Partido Republicano. Os milhões seriam pagos ao cantor antes mesmo de ele subir ao palco. Bieber é o mais recente de uma lista de artistas que expressaram rejeição ao candidato republicano, a maioria pelo uso de suas músicas em peças publicitárias e eventos de campanha. Rolling Stones, Queen, R.E.M, Adele, Neil Young, entre outros, já fizeram reclamações públicas relacionadas a Trump.

 

 

Fonte:  G1

Autoridades do estado do Texas, nos Estados Unidos, confirmaram que 16 pessoas morreram depois que um balão de ar quente pegou fogo e caiu na região central do estado na manhã deste sábado (30). O xerife Daniel Law, do Condado de Caldwell, afirmou que a delegacia recebeu uma chamada de emergência na manhã deste sábado sobre a possibilidade de um acidente de carro. Policiais encontraram um incêndio em uma estrada e a cesta do balão. Segundo o Departamento de Segurança Pública do Texas, 16 pessoas morreram no acidente. Investigadores estão determinando a identidade das vítimas neste momento. Lynn Lunsford, da Administração Federal de Aviação (FAA) dos EUA disse em um comunicado que o acidente ocorreu pouco depois das 7h40 do horário local perto da cidade de Lockhart, no Texas, segundo a Associated Press. O balão caiu sobre um pasto. O acidente ainda está sendo investigado. O governador do Texas, Greg Abbott, divulgou uma declaração oferecendo suas condolências a todos os afetados pela tragédia. "Nossos pensamentos e orações estão com as vítimas e suas famílias, assim como a comunidade de Lockhart. A investigação sobre a causa deste trágico acidente continuará, e eu peço para todo o Texas se juntar a nós nas orações por aqueles que se foram."

 

 

Fonte: G1

A Polícia Federal indiciou criminalmente o ex-ministro Paulo Bernardo (Planejamento do governo Lula) na Operação Custo Brasil - investigação sobre suposto desvio de R$ 100 milhões de empréstimos consignados no âmbito do Planejamento, entre 2010 e 2015. A PF enquadrou Paulo Bernardo por integrar organização criminosa e corrupção passiva. O inquérito da Custo Brasil foi relatado pela PF na sexta-feira (22) e enviado à Justiça Federal. Agora, o Ministério Público Federal vai analisar o inquérito para denunciar ou não o ex-ministro e outros envolvidos na Custo Brasil, entre eles o ex-tesoureiro do PT, Paulo Ferreira. Paulo Bernardo foi preso na Operação Custo Brasil no dia 23 de junho, sob suspeita de recebimento de propinas de R$ 7,1 milhões do esquema Consist, empresa de software contratada em sua gestão em 2010 para administrar contratos de consignados com entidades de bancos e previdência - Associação Brasileira de Bancos Comerciais e para o Sindicato das Entidades de Previdência Privada. A Consist teria cobrado uma taxa em valor quatro vezes superior ao de mercado. A Custo Brasil é um desdobramento da Pixuleco II que, em agosto de 2015, descobriu o esquema dos consignados. Um dos alvos da Pixuleco II, o advogado Alexandre Romano, o Chambinho, fez delação premiada e revelou os bastidores do caso Consist. Valores obtidos ilicitamente teriam abastecido a campanha de Gleisi Hoffmann (PT-PR), mulher de Paulo Bernardo, ao Senado em 2010. A Custo Brasil prendeu também o advogado Guilherme Gonçalves, de Curitiba, que teria realizado repasses do esquema Consist para o ex-ministro e para bancar despesas eleitorais de Gleisi. Gonçalves nega elo com o esquema. Seis dias depois de sua prisão - decretada pelo juiz Paulo Bueno de Azevedo, da 6.ª Vara Criminal Federal em São Paulo -, o ex-ministro de Lula e também de Dilma (Comunicações) foi solto por ordem do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal. Na semana passada, Paulo Bernardo foi ouvido na PF e negou ter recebido propinas do esquema dos consignados. Ele afirma que não existe contrato da Consist com o Ministério que dirigiu. "O Ministério do Planejamento nunca contratou a Consist." Defesa Em nota, a advogada Verônica Abdalla Sterman afirmou: "O ex-ministro Paulo Bernardo reitera que não participou ou teve qualquer ingerência na celebração ou manutenção do acordo de cooperação técnica celebrado autonomamente entre a Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e as associações de Bancos e Previdência (ABBC e SINAPP). Também reitera que não recebeu qualquer quantia da Consist, direta ou indiretamente."

 

 

Fonte:  Uol

O Partido Democrata vota nesta terça-feira (26) a indicação de Hillary Clinton como candidata à presidência dos Estados Unidos. O ex-presidente dos EUA e marido de Hillary, Bill Clinton, é um dos oradores mais esperados para o segundo dia da Convenção Nacional Democrata. Bill Clinton é considerado uma referência fundamental para os democratas e deverá levar muito peso à candidatura da esposa. Hillary já tem o número suficiente de delegados para garantir a vitória na votação que será realizada no Wells Fargo Center da Filadélfia. Dessa forma, deverá ser a primeira mulher indicada formalmente como candidata presidencial, tendo como vice o senador Tim Kaine. Começo difícil No primeiro dia da Convenção, o pequeno estádio Wells Fargo Center foi palco de um ensurdecedor duelo entre os seguidores de Hillary e os do senador Bernie Sanders. Quando a pastora Cynthia Hale, convocada para as orações de abertura dos trabalhos, pronunciou o nome de Hillary, foram claras as vaias seguidas de um intenso coro "Bernie, Bernie". Os delegados da ex-secretária de Estado fizeram sua parte e devolveram com um igualmente estrondoso "Hillary, Hillary". O partido chegou à Convenção Nacional profundamente dividido e em crise, após o escândalo pelo vazamento de e-mails da direção do partido durante as prévias. A secretária do Comitê Nacional Democrata e prefeita da cidade de Baltimore, Stephania Rawlings Blake, encarregou-se de abrir os trabalhos da convenção, já que a presidente do partido, a representante Debbie Wasserman Schultz (Flórida), renunciou no domingo. Instantes depois do início da convenção, o Comitê Nacional do Partido Democrata pediu desculpas a Sanders por comentários sobre sua campanha. Na sexta-feira, o vazamento na plataforma WikiLeaks de quase 20.000 e-mails privados de lideranças do partido mostrou como beneficiaram a campanha de Hillary Clinton e até discutiram formas de prejudicar Sanders. "Em nome de todos os integrantes do Comitê Nacional, queremos apresentar nosso profundo e sincero pedido de desculpas ao senador Sanders, a seus seguidores e a todo o Partido Democrata, pelos imperdoáveis comentários feitos nos e-mails", diz o comunicado. De acordo com a nota, o partido "não tolera, nem vai tolerar linguagem desrespeitosa" com os candidatos. Durante as prévias eleitorais, Sanders, que se autointitula um socialista democrático, protagonizou uma disputa inesperadamente apertada com a ex-primeira-dama, estimulando eleitores jovens e liberais com seus clamores para conter Wall Street e erradicar a desigualdade de renda. Pessoas ligadas a Hillary Clinton sugeriu que os hackers russos, que teriam roubado as mensagens, fizeram isso "para ajudar Donald Trump". O FBI (a Polícia Federal americana) anunciou que "está trabalhando para determinar a natureza e o alcance" do ciberataque dos servidores de e-mail do Comitê Nacional Democrata.

 

Fonte:  G1

Metallica e Rihanna comandarão o próximo Global Citizen Festival, que mobilizará os fãs na luta contra a pobreza no mundo. O festival, marcado para o dia 24 de setembro no Central Park de Nova York, "vende" entradas com base em ações tais como mensagens em redes sociais e cartas para promover projetos de desenvolvimento. A 5ª edição do festival incluirá Metallica, em um dos poucos shows planejados para 2016 pela banda pioneira do metal, ainda que cresçam as expectativas de o grupo lançar um novo álbum ainda este ano. Rihanna aparecerá no Global Citizen Festival semanas depois de terminar a turnê mundial de "Anti". Entre os artistas cotados para aparecer no eventos está a sensação do pop Selena Gomez, Major Lazer, cujo sucesso "Lean On" é a música mais escutada no Spotify, o rapper Kendrick Lamar, e convidados como Usher e Yusuf Islam, antes conhecido como Cat Stevens.

 

 

Fonte:  G1

A oferta de 150 vagas de trabalho de uma multinacional reuniu uma verdadeira multidão de candidatos no local onde era feita a seleção, nesta terça-feira (26), em Goiânia. A quantidade de pessoas era tão grande que a fila formada pelos interessados chegava a dobrar o quarteirão. As entrevistas eram feitas no prédio da Associação Comercial Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg), no Setor Oeste. A assessoria de imprensa órgão afirmou que o espaço foi locado pela empresa para a realização do procedimento. As vagas são para o cargo de auxiliar de produção, que atuaram na fábrica instalada em Senador Canedo, Região Metropolitana de Goiânia. Além do salário de R$ 965, a empresa oferece benefícios como plano de saúde e odontológico, refeições no local de serviço e ônibus que busca e leva o funcionário. O processo foi realizado entre 8h e 16h. O processo é realizado por uma empresa de gestão de pessoas. O G1 tentou contato para obter informações sobre a quantidade de candidatos que passaram pela seleção, mas as ligações não foram atendidas.

 

 

Fonte:  G1

Glenda Kozlowski será a primeira mulher narradora da Globo nos Jogos Olímpicos. E, para sua estreia, a jornalista tem feito uma imersão no mundo da ginástica, competição que irá trabalhar no evento do Rio de Janeiro, no mês de agosto. “(Estou) Estudando muito, lendo, conversando com atletas, técnicos, assistindo às competições. Não existe outra forma de se preparar a não ser estudando. Estou fazendo também uma imersão, vou aos treinos, converso com todos envolvidos. A minha bagagem como repórter está me ajudando muito", disse ao UOL Esporte. A apresentadora do Esporte Espetacular falou que foi uma surpresa o convite da Globo para narrar as competições durante os Jogos do Rio de Janeiro. “Foi uma surpresa gostosa e desafiadora. Foi maravilhoso depois de 20 anos de casa receber um desafio como esse e me colocar à prova de novo”, completou. Glenda também comentou sobre o fato de ser a primeira mulher a ter espaço como narradora na Globo. “Acho que é uma evolução natural. E encaro isso como uma oportunidade muito bacana. A Globo é sempre aberta a novas propostas e ideias. Durante os 20 anos em que trabalho na emissora, sempre tive várias oportunidades para aprimorar e aprender novas coisas".

 

 

Fonte:  Uol

Explosões durante um protesto pacífico deixaram ao menos 80 mortos e 231 feridos em Cabul, capital do Afeganistão, na manhã deste sábado (23), de acordo com o último balanço que foi divulgado pelo ministro do interior, segundo Associated Press. O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do atentado. "Dois combatentes do EI detonaram seus cinturões explosivos em uma concentração no xiita no bairroo Dehmazang" da capital afegão, indicou o grupo terrorista através de sua agência de notícias Amaq. O protesto da minoria xiita dos hazara contra a construção de uma usina de energia acontecia perto do Parlamento afegão e da Universidade de Cabul. O número de vítimas ainda está em progressão. O ataque ocorreu cerca de três semanas após um homem-bomba matar dezenas de pessoas em um ataque contra cadetes recém-formados da polícia, reivindicado pelo Talibã. Esse atentado foi o último registrado em uma onda de sequestros e bombas no Afeganistão, que tem espalhado a sensação de insegurança. A instabilidade no país tem aumentado desde o fim da missão militar da Otan em dezembro de 2014. Em nota, o governo brasileiro diz que recebeu "com consternação a notícia de mais um atentado em Cabul, na manhã de hoje, reivindicado pelo Estado Islâmico, durante uma manifestação pacífica, e que teria feito mais de 80 mortos" O Itamaraty também declarou que "condena nos termos mais veementes este ato de barbárie e expressa sua solidariedade às famílias das vítimas, ao povo e ao governo afegãos" e que "apoia firmemente os esforços do governo do Afeganistão no sentido de conter atos de violência sectária".

 

Fonte: G1

Notícias mais lidas

Quem Somos

A Radio Nocaute tem como principal meta, tocar os sucessos mais antigos em sua programação, não deixando é claro de tocar os sucessos da atualidade. Nossa programação é feita com 60% de músicas antigas. Trabalhamos com muito carinho para oferecer uma programação diferenciada aos nossos ouvintes.
Saiba mais

 

Nossa Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades e promoções em seu e-mail!

Siga-nos pelo Facebook