Esporte

Rádio Nocaute - Itens filtrados por data: Julho 2018

A candidata da Rede à Presidência da República, Marina Silva, afirmou neste sábado (25), em Mauá (SP), que vai apoiar iniciativas de geração de empregos para mulheres, como por meio da construção de 1,5 milhão de casas com placas solares. Ela disse ainda que vai criar creches em tempo integral para que mulheres possam estudar e trabalhar. "Essa cidade sofre com desemprego, muitas mulheres não têm onde deixar seus filhos. Vamos ampliar as creches em tempo integral para que crianças de 0 a 5 anos não tenham de ficar de forma inadequada, às vezes sozinha em casa, sendo cuidadas pelos irmãozinhos, que poderiam estar brincando ou estudando." A candidata disse estar atenta aos problemas vividos pela cidade de Mauá. "Essa é a primeira manifestação de rua, em Mauá, uma cidade que tem a média de desemprego maior que a média do Brasil. Mauá sofre muito com o desemprego, por isso escolhi fazer esse ato aqui." Marina chegou por volta das 15h e caminhou rapidamente até um tablado improvisado de 1,5 m² na praça 22 de Novembro, no centro da cidade. Ela tirou fotos com apoiadores e ouviu discursos de candidatos da coligação. "Vamos trabalhar para recuperação do país, para que ele possa gerar emprego e renda." Marina encerrou a agenda em Diadema para apoiar a candidatura de uma deputada estadual da cidade.

 

Fonte:  G1

Publicado em Política

Três casos suspeitos de malária foram confirmados no distrito de Limeira, que fica a 40 km de Mantena, no Leste de Minas. Segundo o secretário de Saúde do município, Ocimar Rufino, nove pessoas manifestaram alguns dos sintomas da doença, sendo que três foram confirmados, um foi descartado e outros cinco seguem em investigação. O primeiro caso notificado na região da zona rural foi na sexta-feira (17). Por causa dos surtos da doença, que se espalhou pelo estado do Espírito Santo, o município de Mantena confirmou que os casos registrados na zona rural foram de pessoas que estiveram recentemente no estado capixaba, que faz divisa com o distrito de Limeira, e retornaram para Minas Gerais já contaminados com a doença. Segundo Ângela Vinhal, Coordenadora do Programa de Saúde da Família do distrito de Limeira, a situação está sendo monitorada. “O nosso papel é, junto com os agentes comunitários, ir de casa em casa avisando que a situação está controlada mas estamos em alerta, para não ter alarde.” Para diminuir o risco da doença se tornar uma epidemia na região, o combate à malária está sob a responsabilidade da Coordenação Endemias do Município, que está investigando se existe a presença do vetor responsável pela transmissão da doença. O coordenador Marcelo Magno orienta a população a ter certas práticas que podem ajudar no combate a doença, que não possui vacina. “Toda vez que você for em uma área dessa, você deve usar muito repelente, camisas de manga comprida, ter cortinado aonde você for dormir.” Ainda de acordo com o coordenador, o combate ao Anopholes, transmissor da malária, é complicado pelo habitat onde o mosquito é encontrado, com vegetações altas e regiões próximas à grande quantidade de água. “É muito difícil combater o Anopholes, porque ele está inserido no meio ambiente, é um mosquito que vive em lagoas, lagos alagados, fora do perímetro urbano”.

 

Fonte:  G1

Publicado em Regionais
Sexta, 24 Agosto 2018 14:54

JP REFRIGERAÇÃO

INFORMATIVO  IMPORTANTE

 

Por que se fazer a higienização no ar condicionado do seu carro?

Dias quentes ou chuvosos pedem o uso do ar-condicionado do seu carro. Apesar de parecer simples resolver os incômodos do calor com um botão, mas se o sistema não for cuidado da maneira correta, o arzinho refrescante pode virar um "veneno" para a saúde. Isso porque a falta de revisões periódicas acarreta no acúmulo de bactérias e fungos. Dependendo da situação e a gravidade do problema, para limpar tudo, o prejuízo pode passar de R$ 1 mil. O primeiro componente e o mais fácil de ser trocado é o filtro de ar. Ele é o responsável por “segurar” a sujeira e proteger o sistema, no entanto, para isso, deve ser trocado, de preferência, a cada revisão. Não existe uma quilometragem exata para a substituição. Vai depender do estado do filtro, ou seja, do quanto ele foi exposto. Mas só a troca do filtro não resolve o problema 100%, é recomendado se fazer uma higienização (uma limpeza nos dutos de ar, cabine onde é alojado o filtro, eletro-ventilador interno e o mais importante na higienização é o uso de liquido bactericida, para eliminar os fungos e bactérias que se acumulam na tubulação) todo esse processo é necessário, já que o filtro não barra 100% da sujeira. A troca do filtro mais a higienização custa entre R$ 50 e R$ 100 na maioria dos casos. Porém, alguns carros têm sistema mais complexo e exigem mais tempo de mão de obra, assim, os preços podem chegar a R$ 150. Na nossa página do Face, iremos postar frequentemente, fotos de serviços executados, antes e depois da higienização, com isso você poderá ver e perceber que o arzinho refrescante do ar condicionado do seu carro, pode esta sendo um veneno para sua saúde e de sua família. Agenda conosco uma higienização no ar condicionado do seu carro.

CONTATOS:

Jhersse P. Monteiro

(33) 99974-0778 - VIVO -ZAP

(33) 98850-0574 - OI

(33) 3261-1960 - FIXO 

 
 

Ouça o áudio

 

 
Publicado em Patrocinadores

Um padre foi detido na madrugada deste domingo (19) em Aimorés, na região do Vale do Rio Doce, por dirigir embriagado. De acordo com boletim de ocorrência, F.L.S.L., de 42 anos, apresentava sinais de embriaguez e foi parado por policiais durante uma blitz. Não é a primeira vez que o padre é preso. Ao descer do carro de cor branca modelo Polo, os policiais pediram para que o padre realizasse o teste do bafômetro. Em um primeiro momento, soldados da PM constataram que havia 0,45 mg/litro de sangue. Mais tarde, um novo teste foi realizado. “Já a contraprova realizada posteriormente constou 0,48mg/litro”, diz trecho do boletim de ocorrência. O padre, que trabalha em Itueta, no Vale do Rio Doce, foi atendido em um hospital da cidade e liberado pelo médico plantonista. Os policiais, então, encaminharam o padre para delegacia de Governador Valadares, também na região do Vale do Rio Doce. A reportagem de O TEMPO apurou que o delegado de plantão determinou pagamento R$ 3 mil como fiança. A carteira de habilitação do padre foi apreendida e ele pode ficar sem dirigir por até um ano. De acordo com artigo 306, do Código de Trânsito Brasileiro, “conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência. Penas: detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor”. O padre F. L. S. L. foi preso em março de 2016 por tráfico de drogas e corrupção de menores. À época, ele foi acusado de pedir para um adolescente de 16 anos comprar drogas para ele. Segundo boletim de ocorrência, o religioso pediu para o adolescente comprar cocaína em uma boca de fumo de Governador Valadares. Naquele momento, o padre informou à polícia que era usuário de drogas. A reportagem não conseguiu, até o momento, falar com o padre ou com funcionários da Diocese de Governador Valadares.

 

Fonte:  O Tempo

Publicado em Regionais

Um padre foi detido na madrugada deste domingo (19) em Aimorés, na região do Vale do Rio Doce, por dirigir embriagado. De acordo com boletim de ocorrência, F.L.S.L., de 42 anos, apresentava sinais de embriaguez e foi parado por policiais durante uma blitz. Não é a primeira vez que o padre é preso. Ao descer do carro de cor branca modelo Polo, os policiais pediram para que o padre realizasse o teste do bafômetro. Em um primeiro momento, soldados da PM constataram que havia 0,45 mg/litro de sangue. Mais tarde, um novo teste foi realizado. “Já a contraprova realizada posteriormente constou 0,48mg/litro”, diz trecho do boletim de ocorrência. O padre, que trabalha em Itueta, no Vale do Rio Doce, foi atendido em um hospital da cidade e liberado pelo médico plantonista. Os policiais, então, encaminharam o padre para delegacia de Governador Valadares, também na região do Vale do Rio Doce. A reportagem de O TEMPO apurou que o delegado de plantão determinou pagamento R$ 3 mil como fiança. A carteira de habilitação do padre foi apreendida e ele pode ficar sem dirigir por até um ano. De acordo com artigo 306, do Código de Trânsito Brasileiro, “conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência. Penas: detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor”. O padre F. L. S. L. foi preso em março de 2016 por tráfico de drogas e corrupção de menores. À época, ele foi acusado de pedir para um adolescente de 16 anos comprar drogas para ele. Segundo boletim de ocorrência, o religioso pediu para o adolescente comprar cocaína em uma boca de fumo de Governador Valadares. Naquele momento, o padre informou à polícia que era usuário de drogas. A reportagem não conseguiu, até o momento, falar com o padre ou com funcionários da Diocese de Governador Valadares.

 

Fonte:  O Tempo

Publicado em Regionais

Notícias mais lidas

Quem Somos

A Radio Nocaute tem como principal meta, tocar os sucessos mais antigos em sua programação, não deixando é claro de tocar os sucessos da atualidade. Nossa programação é feita com 60% de músicas antigas. Trabalhamos com muito carinho para oferecer uma programação diferenciada aos nossos ouvintes.
Saiba mais

 

Nossa Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades e promoções em seu e-mail!

Siga-nos pelo Facebook