Nacionais

Segunda, 17 Outubro 2016 14:45

Após vendaval, mais de 100 mil unidades ficam sem luz em SC

Avalie este item
(0 votos)

Mais de 101 mil unidades consumidoras estavam sem energia elétrica em Santa Catarina até o início da manhã desta segunda-feira (17). De acordo com as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), a maioria, 92 mil, estava localizada em Tubarão, depois do vendaval que atingiu a região Sul do estado na tarde de domingo (16). Às 11h, o número de desligamentos no estado baixou para 90,8 mil. “O vento chegou a 97 km/h e rompeu os circuitos alimentadores de Tubarão que levam a energia da subestação até os bairros. Nossas equipes trabalharam durante a madrugada para restabelecer o fornecimento, mas o comprometimento estrutural é grande, então técnicos de todo estado serão encaminhados nesta manhã para trabalhar na reconstrução”, explicou o engenheiro eletricista da Celesc Adriano Luz. Até o início da manhã, a Celesc desconhecia a proporção finaceira do prejuízo causado pelo temporal e não tinha ideia de quanto tempo levaria para restabelecer a energia em Tubarão e outras cidades da região prejudicadas pelo fenômeno. Ao menos 12 municípios tiveram estragos em decorrência das chuvas e vendavais. Em Tubarão, foi montada uma Sala de Situação para atender a população. Casas foram destelhadas, árvores derrubadas e milhares de unidades ficaram sem energia elétrica. Uma menina de 7 anos morreu após árvores atingirem o carro em que estava no bairro São João, em Tubarão. Bombeiros retiraram o corpo da criança, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O pai da criança foi hospitalizado em estado de choque. Tsunami meteorológico A Defesa Civil de Santa Catarina confirmou que um 'tsunami meteorológico' atingiu Balneário Rincão. O fenômemo ocorre quando uma quantidade de nuvens carregadas e fortes ventos avançam rapidamente sobre o mar e formam uma grande onda que chega até a praia. Já o tsunami ou maremoto, como o que atingiu o Japão em 2011, ocorre com o deslocamento de uma grande massa de água, geralmente provocado por um abalo sísmico. Pouco antes das 17h de domingo, uma grande onda se formou e atingiu carros e pessoas que estavam na praia da Barra do Torneiro. Segundo o sargento Cláudio Marcos, ninguém se feriu e as pessoas foram retiradas do mar antes da chegada dos bombeiros. Dois veículos, um Corolla e um Accord, ficaram submersos e foram retirados da água com auxílio de cordas. De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Tubarão, Anderson Martins Cardoso, a maior preocupação nesta segunda é com a segurança dos moradores. "Neste momento de recontrução ocorrem acidentes. É importante alertar para as pessoas tomarem cuidado ao subir em cima de casas que foram destelhadas e também para evitar contato com a fiação elétrica solta nas ruas, que pode estar energizada", disse Cardoso.

 

 

Fonte: G1

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Notícias mais lidas

Quem Somos

A Radio Nocaute tem como principal meta, tocar os sucessos mais antigos em sua programação, não deixando é claro de tocar os sucessos da atualidade. Nossa programação é feita com 60% de músicas antigas. Trabalhamos com muito carinho para oferecer uma programação diferenciada aos nossos ouvintes.
Saiba mais

 

Nossa Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades e promoções em seu e-mail!

Siga-nos pelo Facebook