• Whatsapp:
  • (33)9.9913-6056

Portuguese English Spanish
  • 1

    1

  • 2

    2

  • 3

    3

Polícia procura cerca de 20 assaltantes que roubaram 2 bancos em MT

Aproximadamente 20 assaltantes estão envolvidos no ataque a duas agências bancárias na sexta-feira (4) em Nova Bandeirantes, cidade de 20 mil habitantes localizada a 997 km de Cuiabá no extremo norte do estado, próxima à divisa com Amazonas e Pará. Uma força-tarefa composta por 120 policiais, entre Batalhão de Operações Especiais (Bope) e oficiais de grupos especializados, faz buscas neste sábado (5) pela quadrilha. De acordo com a Polícia Civil, eles roubaram três veículos para praticar os assaltos. A quadrilha usou armas de grosso calibre como fuzis .30, espingarda calibre 12 e pistolas. Equipes da Polícia Civil e da Polícia Militar da Alta Floresta, Nova Monte Verde, Paranaíta, Juína e da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Gerência de Operações Especiais (GOE), Ciopaer estão na região em busca dos suspeitos. Segundo a informações da gerente da cooperativa, por volta de 10h40, cerca de três criminosos entraram na agência e outros três ficaram do lado de fora. Eles ameaçaram as vítimas rendendo todos que estavam no local, inclusive o segurança armado. Os suspeitos fizeram vários disparos dentro e fora da agência. Dois assaltantes acompanharam a abertura do cofre central e retiraram todo o dinheiro, sendo também realizada a abertura dos caixas eletrônicos. O guarda de segurança e outras pessoas foram feitas reféns formando o ‘escudo-humano’, caracterizando a modalidade de roubo novo cangaço. O guarda foi levado pelos criminosos até a segunda agência onde era realizado outro roubo pelo mesmo grupo criminoso. Nessa agência, os criminosos agiram da mesma forma, com a atuação de aproximadamente seis criminosos, três que entraram na agência e outros três que ficaram aguardando do lado de fora. Segundo as informações, os suspeitos chegaram em três veículos e dispararam nas portas de vidro da agência, anunciaram o assalto e perguntaram pelo gerente. Na frente da agência, os criminosos formaram o escudo humano para aguardar o tempo de 15 minutos que o gerente disse ser necessário para abertura do cofre. Dois veículos foram roubados pelos criminosos logo após o roubo ao banco. Uma vítima foi levada pelos criminosos até uma ponte, onde foi liberada e os suspeitos colocaram fogo em uma caminhonete. Outra camionete foi incendiada nessa mesma região, um pouco mais a frente, já na saída para o Distrito de Japuranã. Os criminosos realizaram vários disparos por toda cidade e após o roubo seguiram sentido ao distrito de Japuranã. Duas pessoas foram baleadas durante o assalto, mas sem gravidade. Foram levadas ao Hospital Regional de Alta Floresta e já foram liberadas.

 

Fonte:  G1

Please publish modules in offcanvas position.