• Whatsapp:
  • (33) 9.9108-9834

Portuguese English Spanish
  • 1

    1

  • 2

    2

  • 3

    3

Sexta, 24 Junho 2022 11:19

Incêndio em centro de tratamento deixa 11 mortos em Carazinho

Um incêndio de grandes proporções no Centro de Tratamento e Apoio a Dependentes Químicos (Cetrat) em Carazinho, no Norte do Rio Grande do Sul, deixou pelo menos 11 pessoas mortas, na noite de quinta-feira (23). Dez delas morreram no local e uma no hospital. Todos eram homens. O fogo começou por volta de 23h. Duas pessoas foram levadas para atendimento médico, uma delas está em estado grave e uma estável. Outras duas conseguiram sair do local sem ferimentos. A informação inicial é de que, no Centro, estavam pelo menos 15 pessoas. Nenhuma hipótese sobre o início do fogo é descartada, segundo os Bombeiros. De acordo com a corporação, o combate ao fogo começou no final da noite, e bombeiros seguem no local. O Centro fica no bairro Vila Rica. Algumas das vítimas, conforme informações dos bombeiros, foram encontradas em uma área de dormitórios e próximas às janelas, o que pode indicar que elas tentavam sair do local. A parte consumida pelo fogo era de madeira. Ainda segundo os Bombeiros as janelas não tinham grades mas eram pequenas, por onde uma pessoa não conseguia passar. Ainda não há confirmação sobre a identidade dos mortos e as causas do incêndio. O caso está sendo investigado. O prefeito de Carazinho, Milton Schmitz , decretou luto oficial no município por três dias, em respeito às vítimas e seus familiares. "Carazinho vive um luto coletivo neste momento triste em que a tragédia se abate sobre famílias das vítimas", disse, em nota.

 

Fonte: G1

Quarta, 22 Junho 2022 10:46

Amado Batista se retrata após chamar Lula e seu filho de ladrões

O cantor Amado Batista se retratou publicamente após dizer que o ex-presidente Lula e seu filho, Fábio Luís Lula da Silva - o Lulinha - "roubaram pra caramba" durante os governos petistas. De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o pedido de desculpas foi parte de um acordo judicial feito no Tribunal de Justiça de Pernambuco. A fala de Batista ocorreu no ano passado durante uma entrevista para a Rede Nordeste de Rádio. "Além de ter roubado pra caramba. Existem pessoas que eram pobres antes do comunismo aqui, antes da esquerda, e que estão milionários hoje", afirmou ao mencionar o líder petista e sua família. O cantor ainda se referiu à Lulinha como um latifundiário, e que bastava ir para o Pará e Mato Grosso para comprovar. "Ao vivo e a cores", disse. No pedido de desculpas, Amado Batista diz que suas afirmações foram baseadas em "meros boatos". "Apesar de ter dito que Fábio Luís Lula da Silva seria latifundiário e dono de cabeças de gado no Mato Grosso e no Pará, reconheço que essa Informação chegou ao meu conhecimento a partir de meros boatos irresponsavelmente difundidos na sociedade", diz. O acordo fez com que a punição por injúria fosse extinta. Além disso, o Ministério Público também arquivou a ação. Em outra etapa do processo, Lulinha pede que a retratação seja publicada no site e no canal do YouTube do programa da rádio, onde as falas do cantor foram feitas.

 

Veja a íntegra do pedido de desculpas:

"Eu, AMADO RODRIGUES BATISTA, cantor e empresário, venho, publicamente, RETRATAR-ME de ofensas e expressões iniustamente proferidas contra FÁBIO LUIS LULA DA SILVA em entrevista concedida ao jornalista Magno Martins no dia 28 de maio de 2021, publicada na rede social YouTube e com repercussão em diversos veículos de comunicação.

PEÇO DESCULPAS a FÁBIO LUÍS LULA DA SILVA pela forma injusta com que lhe atribuí graves ofensas, bem como admito que foram equivocadas minhas afirmações de que teria enriquecido de forma ilícita.

Apesar de ter dito que FÁBIO LUÍS LULA DA SILVA seria latifundiário e dono de cabeças de gado no Mato Grosso e no Pará, RECONHEÇO que essa informação chegou ao meu conhecimento a partir de meros boatos irresponsavelmente difundidos na sociedade.

 

Fonte: Portal Terra

Quarta, 22 Junho 2022 10:32

PF prende ex-ministro da Educação Milton Ribeiro

A Polícia Federal prendeu na manhã desta quarta-feira (22) o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro. Ele é investigado por corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência por suposto envolvimento em um esquema para liberação de verbas do MEC. A TV Globo apurou que os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura também são alvos da operação deflagrada pela PF nesta quarta. Eles são investigados por atuar informalmente junto a prefeitos para a liberação de recursos do Ministério da Educação. Em áudio divulgado em março, Ribeiro afirma que o presidente Jair Bolsonaro pediu a ele que os municípios indicados pelos dois pastores recebessem prioridade na liberação de recursos. Prefeitos disseram em depoimento que eles exigiram propina. Uma fonte da PF em São Paulo disse à TV Tribuna que Milton Ribeiro foi preso em Santos e que ele deve ser levado para Brasília. Segundo o porteiro do prédio em que ele mora, o ex-ministro foi levado por volta das 7h. Até a última atualização desta reportagem ainda não havia confirmação da prisão dos pastores Santos e Moura. A PF investiga Ribeiro por suposto favorecimento aos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura e a atuação informal deles na liberação de recursos do ministério. Há suspeita de cobrança de propina. O inquérito foi aberto após o jornal "O Estado de S. Paulo" revelar, em março, a existência de um "gabinete paralelo" dentro do MEC controlado pelos pastores. Dias depois, o jornal "Folha de S.Paulo" divulgou um áudio de uma reunião em que Ribeiro afirmou que, a pedido de Bolsonaro, repassava verbas para municípios indicados pelo pastor Gilmar Silva. "Foi um pedido especial que o presidente da República fez para mim sobre a questão do [pastor] Gilmar", disse o ministro no áudio. "Porque a minha prioridade é atender primeiro os municípios que mais precisam e, segundo, atender a todos os que são amigos do pastor Gilmar", complementou Ribeiro. Após a revelação do áudio, Ribeiro deixou o comando do Ministério da Educação. Em depoimento à PF no final de março, Ribeiro confirmou que recebeu o pastor Gilmar à pedido o presidente Jair Bolsonaro. No entanto, ele negou que tenha ocorrido qualquer tipo favorecimento. Registros do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) apontam dezenas de acessos dos dois pastores a gabinetes do Palácio do Planalto. Em vídeo, o presidente Jair Bolsonaro chegou a dizer que botava "a cara no fogo" por Ribeiro e que as denúncias contra o ex-ministro eram "covardia". Já nesta quarta, questionado sobre a prisão do ex-ministro pela PF, Bolsonaro afirmou que Ribeiro é quem deve responder por eventuais irregularidades à frente do MEC. "Ele responde pelos atos dele", afirmou Bolsonaro em entrevista à rádio Itatiaia. O presidente disse ainda que "se a PF prendeu, tem motivo." O caso envolve suspeitas de corrupção. Prefeitos denunciaram pedidos de propina – em dinheiro e em ouro – em troca da liberação de recursos para os municípios. Milton Ribeiro disse que pediu apuração dessas denúncia à Controladoria-Geral da União.

 

Fonte: G1

Quinta, 02 Junho 2022 16:40

Cantora gospel Eyshila sofre acidente de carro com o marid

A cantora gospel Eyshila sofreu um acidente de carro ao lado do marido, o pastor Odilon Santos. Ela publicou uma foto de um carro capotado e bastante danificado na própria conta do Instagram, nesta quinta-feira (2). Na legenda, a artista, que é natural de Fortaleza, informa que ele e o marido sobreviveram. Estamos vivos, grande foi o livramento. Obrigada por toda a ajuda, orações e palavras de carinho que recebemos. Assim que possível daremos mais notícias", escreveu a cantora. Ainda não há informações de onde ocorreu o acidente e de quais foram as circunstâncias.

 

Fonte: G1

Domingo, 29 Maio 2022 15:44

Cantor Piettro Dias, esposa e filho morrem em acidente na BR-364, entre Frutal e Planura

O cantor Piettro Dias morreu na noite deste sábado, em um grave acidente na altura do km 6 da BR-364, entre os municípios de Frutal e Planura. A esposa dele e o filho do casal, de idades não informadas, chegaram a ser socorridos por ambulâncias de Planura, mas não resistiram aos ferimentos e faleceram posteriormente. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o veículo conduzido pelo artista, que seguia sentido Frutal, teria colidido contra um caminhão, vindo de Planura. O corpo de Piettro ficou preso às ferragens, e o óbito foi constatado ainda no local. O motorista do caminhão não sofreu ferimentos e dispensou atendimento médico. Ainda conforme os bombeiros, foi necessário aplicar serragem na pista, devido ao vazamento de óleo dos veículos. A Polícia Militar (PM) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) também atuaram na ocorrência. O corpo foi liberado após os trabalhos da perícia. Pelas redes sociais, o perfil oficial da Expo Frutal, evento que acontecerá entre os dias 26 de junho e 3 de julho, com apresentação do sertanejo, lamentou o acidente e a perda do artista. "Jovem, carismático e muito talentoso, Piettro há alguns anos vem se apresentando na Expo Frutal. Neste momento de dor, deixamos aqui nossos sentimentos aos familiares, amigos e admiradores do seu trabalho". O Sindicato Rural de Frutal também compartilhou o texto.

 

Fonte: G1

Quarta, 25 Maio 2022 06:59

Policiais federais protestam contra Bolsonaro

Policiais federais realizaram protestos contra o presidente Bolsonaro nesta terça-feira (24). As manifestações cobram o cumprimento de ações prometidas pelo presidente para a valorização da corporação. Em fotos compartilhadas nas redes sociais, agentes e delegados estão carregando faixas cobrando o presidente: "Desvalorizar os policiais federais é fortalecer a corrupção. Em outro cartaz, o manifestantes fazem referência a facada levada por Bolsonaro em 2018: "Te salvamos da facada e agora vai nos esfaquear pelas costas?". Os protestos foram registrados no Rio de Janeiro, Amapá e no Ceará.

 

Fonte: IG

Pagina 1 de 11